, A ARTE DE NEWTON AVELINO: Fevereiro 2013

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    10 de fev de 2013

    CULTURA POPULAR

    Fonte: Papo de Gringo



    A HISTÓRIA DO CARNAVAL NO BRASIL

         

         O carnaval chegou ao Brasil em meados do século XVII, influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como a França, o carnaval acontecia em forma de desfiles urbanos, ou seja, os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. 

         Embora de origem europeia, muitos personagens foram incorporados ao carnaval brasileiro, como, por exemplo, Rei momo, pierrô, colombina, etc. Os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos cortejos de automóveis (corsos) surgiram nessa época, mas tornaram-se mais populares no começo do século XX. 

         As pessoas decoravam seus carros, fantasiavam-se e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades, dando origem aos carros alegóricos. O carnaval tornou-se cada vez mais popular no século XX, e teve um crescimento considerável neste período, que ocorreu em virtude das marchinhas carnavalescas (músicas que faziam o carnaval mais animado).

         A primeira escola de samba foi criada no dia 12 de agosto de 1928, no Rio de Janeiro, e chamava-se “Deixa Falar”.Anos depois, a escola mudou seu nome para Estácio de Sá. A partir deste momento o carnaval de rua começou a ganhar um novo formato. Com isso, no Rio de Janeiro e São Paulo, começaram a surgir novas escolas de samba. 

         Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, iniciaram os primeiros campeonatos para constatar qual escola de samba era a mais bela e animada. A Região Nordeste permaneceu com as tradições originais do carnaval de rua como, por exemplo, Recife. Já na Bahia, o carnaval de rua conta com a participação dos trios elétricos, embalados por músicas dançantes, em especial pelo axé.

    CULTURA NORDESTINA




    DO SERTÃO AO LITORAL
        

        O artista como de costume focaliza e enfatiza os temas regionais, como todos já sabem. O Nordeste tem uma cultura vasta e riquíssima  a cada exposição o tema é um só, a própria região.

        Na exposição no mês de junho, o artista foi convidado para participar do projeto piloto que há na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, a assembleia cultural.

         Entre outros projetos focalizou sertão nordestino ao litoral  mostrando toda riqueza da cultura do homem nordestino, com suas danças, o seu folclore e  músicas. Na verdade o artista produz em suas telas a transformação desse povo tão inteligente, lindo e rico em cultura, bem como  a pureza e alegria de um povo bravo e solidário.

         O artista também foca o homem do litoral que além de ser um povo hospitaleiro e rico culturalmente,  pulsando nas veias de um povo que já nasce fazendo cultura, pois o artista não se faz artista, o artista  ele nasce artista.

        No momento atual precisamos recordar o passado, pois sem o passado não existe presente, sem o presente não existe futuro, só assim é que o homem se torna saudosista, para que ele próprio faça parte de uma cultura e de um povo.

        Assim é que se sente o nordestino. E foi com esse propósito  que o artista Newton Avelino veio nessa exposição mostrar toda saga e arte de um povo que tanto contribui para o Brasil e para o mundo, com a sua cultura. Isso faz desse povo um povo lindo simples e rico culturalmente.



                                     






    2 de fev de 2013

    SALÃO DA MARINHA


                
                                             
                                           ESPAÇO DE PURA ARTE 

        
         O artista plástico Newton Avelino veio no ano de 2007 e 2008 com novos trabalhos mostrando toda a sua sensibilidade, misturando traços arrojados e cores fortes. 

        Uma linguagem própria do artista.No ano de 2007 o artista veio com a tela "O Maracatu", que lhe rendeu o 3º Lugar no Salão Marinha, na cidade de Natal - Rn Br. Em 2008 foram três salões, tendo participação em dois, II Salão Abraham Palatnik com duas obras: "Trabalhadores Informais" , obra onde teve a preocupação de colocar um tema que preocupa a sociedade como um todo, que é o emprego informal, e a segunda obra dele para o mesmo salão é a "Trabalhadores Nordestinos", ele busca mostrar, antes de mais nada, que esses mesmos são pessoas destemidas e com muita vontade de darem suas contribuições para construir um país mais justo e forte. 

        Como já dizia Euclides da Cunha: o sertanejo é, antes de tudo, um forte. Já no segundo salão do ano em Natal, I Salão Thomé Filgueira, foi classificado entre os 16 com prêmio de participação com a obra de título "Os vaqueiros". Com a tela "A derrubada" o artista expressa mais uma vez toda a sua sensibilidade e todo o seu arrojo sobre tintas, A derrubada mostra a labuta dos vaqueiros no sertão, no semi árido nordestino e no dia a dia com o gado. A segunda obra do I Salão Thomé Figueira, "Os caboclinhos"  mostra  as cores e a alegria do folclore nordestino na expressão de uma dança de origem indígena talvez a mais antiga do Brasil.



    1 de fev de 2013

    CAVALO-MARINHO - Uma Dança Dramática

                                                     Cavalo-marinho / Créditos: Juventude de Arte       

                                              
                               



                               UMA TRADIÇÃO FOLCLÓRICA

       
        


         Cavalo-marinho, uma tradição folclórica do ciclo de Natal, é a versão pernambucana do Bumba-meu-Boi. Encontrado em toda parte do Brasil, o Bumba-meu-boi é uma dança dramática que tem como elemento principal a morte e ressurreição do boi mágico.           


        Uma apresentação de cavalo-marinho abrange música vocal, dança, cenas dramáticas, ação, poesia improvisada, música instrumental, máscaras e fantasias. No interior, para o norte do Recife, apresenta-se durante a safra da cana-de-açúcar( agosto a janeiro).  



        O enredo do Cavalo-marinho concentra-se em torno do Capitão, um proprietário rural que tinha deixado suas terras sob o controle de Mateus e Sebastião, dois vaqueiros. O Capitão deseja celebrar a volta dele às suas terras, mas, os vaqueiros não deixam. 



        

        O Capitão manda um Soldado tirar a licença à força, e ele consegue, após muita confusão cômica e pancadas altas, mas, sem dor, das bexigas de boi que o Mateus e o Sebastião usam como armas e instrumentos musicais. 



        Agora é a vez do Mestre Ambrósio, que imita todas as personagens do folguedo, que continua com uma longa seqüência de danças pelo Capitão e seus Galantes, uma guarda de honra. Entre elas, são danças em homenagem aos Reis Magos, que compartilha temas musicais com as devoções de Reis no Portugal, e uma para São Gonçalo de Amarante. 




        Entram, em seguida, dezenas de personagens, cada uma das quais faz parte do mundo do engenho-de-açúcar. Entre elas, há personagens realísticas, como o Valentão, o Cangaceiro e o Vaqueiro- que fala na poesia do Sertão, e imaginárias- como o Caboclo de Urubá. A apresentação termina com a entrada, dança, morte e ressurreição do Boi. 




         O acompanhamento musical fica por conta do banco, um grupo de músicos que tocam Rabeca, Pandeiro, Bage( Reco-reco) e Mineiro( Ganzá). Os Percussionistas e, às vezes, o Rabequeiro também cantam. Entre sequências, se ouve toadas do vasto repertório, versos improvisados e música instrumental para dança. 




         Durante os anos 90, o interesse no Cavalo-marinho por parte do público da região metropolitana do Recife tem crescido muito, como parte de um ressurgimento de interesse na cultura popular em geral. Jovens visitam o interior para assistir a apresentações e para entrar no Mergulhão – a dança de abertura do Cavalo-marinho, e existem diversos projetos de pesquisa e documentação" .



    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG