. ARTE E CULTURA POPULARA ARTE DE NEWTON AVELINO: Abril 2013

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    23 de abr de 2013

    EXPOSIÇÃO SACRA DO ARTISTA


      


      ASSEMBLÉIA CULTURAL
      


            Um dos bons projetos culturais do rio grande do norte fica na capital, a cidade do natal. A assembléia legislativa do estado tem um dos projetos culturais mais interessante que existe em se tratando de casa do legislativo estadual. 

             
            Assembléia Cultural é um dos projetos mais interessantes que eu ja vi. Acho que esse projeto é piloto entre todas as assembléias estaduais, e se não for a única com esse projeto, fica entre as primeiras. 


            Sempre é bem vinda a idéia de apoiar a arte e o artista no contexto geral. A música e as artes plásticas sempre andaram juntos e eu, particularmente, gosto muito da idéia que eles tem nesse projeto de unir as duas vertentes. 


            Atualmente Newton Avelino participou com outros artistas potiguares da mais recente exposição SACRA que aconteceu pela semana santa, nessa casa legislativa. Sempre é uma honra para o artista participar de exposições nesse espaço. Estando todos convidados a participar ,mais uma vez, do próximo evento que vai ser a EXPOSIÇÃO dia 08 de maio dia do artista plástico.






    CAVALO MARINHO


        





    UMA MISTURA DE CORES E RITMO

       



           É uma linda representação folclórica nordestina, da zona da mata pernambucana, com muito improviso. Com vários personagens entre animais, humanos e índio afro-índigena representando umbanda e índio. Animais se destacam vários: o boi, o cavalo, a burrinha etc. 



        




           As coloridas roupas são também marcas registradas do folclore nordestino.Eles usam também fitas chapéus espelhos e muitos passos intercalados e rápidos. Comandado pelo capitão marinho que usa apito e marca o ritmo, coordenando toda a dança, do início e ao término. 



        




           Os componentes do cavalo marinho usam basicamente como instrumentos para as suas danças o pandeiro, a rabeca e o ganzá, que representam nos seus passos o cotidiano e os problemas enfrentados pelos trabalhadores dos engenhos de açúcar no Pernambuco e na Paraíba

    5 de abr de 2013

    OS VIOLEIROS


        


       


              EM FORMAS DE CORDÉIS    

       


             Os violeiros do nordeste tocam prosas e versos em formas de desafios, entre um e outro, em suas apresentações, e isso já faz parte da cultura da região nordeste desde os primórdios. 

        


            O repente mostra para todos o improviso e que os repentistas mostram a sua arte na forma mais artística do homem do interior. No século passado, os donos de fazendas reuniam violeiros para fazer festas nos finais de semanas e isso se tornou costumeiro na região. 

        


              Os violeiros além de interagir com o público canta com o seu parceiro, em forma de desafios, e os temas são diversos, sem distinção e regras, porque eles fazem o repetente de improviso e a sua agilidade mental para rimar com as prosas e os versos são coisas que só DEUS pode explicar. Esses homens, esses artistas do sertão, são cordelistas por opção e artistas de coração, que só vem enriquecer a cultura popular nordestina.
     

    SECA NO SERTÃO

             

                          



                                 UM DESCASO COM O SERTANEJO





          Uma região assolada por uma das piores secas dos últimos 50 anos, o nordeste vem sofrendo com a falta de água e a falta de assistência aos que moram nessa região do semiárido. 



        



          Que o nordeste é uma região seca por tradição isso ninguém discute, o problema é que ninguém teve o interesse de acabar com tal situação. Quando chove ela é rica, quando vem a seca ela é pobre. 


        



          O nordeste, é uma região que chovendo de tudo dá, mas, as coisas são feitas paliativamente e aí ninguém consegue resolver definitivamente. No dia em que os responsáveis tiverem um projeto para acabar de vez com a seca do sertão nordestino ele se tornará o celeiro do Brasil. 


        



           Eu costumo dizer que o sertanejo é um homem destemido e ao mesmo tempo um temente a DEUS. Isso faz dessa gente tão humilde e simples pessoas sábias. Só quem sabe o que a seca faz com o sertanejo é ele mesmo, porque é quem vive as privações do dia a dia e as dificuldades da região. 


        



          O rebanho desses sertanejos estão acabando porque já não existe mais comida e nem água. Então eu pergunto quem é responsável por isso: É a falta de estrutura? A falta de planejamento? Sinceramente, eu não sei. 


        




           Fica a pergunta pra vocês, que são entendidos do assunto. Eu sou apenas um matuto, matutando as coisas da minha terra, da minha gente, desse torrão tão querido e lindo chamado sertão do nordeste.

     


    A ARTE NA CULINÁRIA NORDESTINA

               






      UM CARDÁPIO NORDESTINO

       


          Não é de hoje que a culinária nordestina é uma das mais saborosas do Brasil. Arte e sabor andam de mãos dadas, tudo termina sendo arte. Fico muito a vontade pra falar da culinária nordestina, primeiro porque eu sou nordestino, e segundo, porque vejo as pessoas que vem ao nordeste provarem do sabor dessa região, e eles simplesmente elogiam e parabenizam o sabor, o aroma e a qualidade do tempero usado nos vários pratos típicos.

        



          Tem uma cidade na região nordeste chamada caicó que fica no rio grande do norte. Essa cidade é uma das muitas espalhadas nos sertões dessa região, e que fabricam da carne de sol ao queijo de coalho e manteiga, da linguiça do sertão que é feita de carne e tocinho, aos doces de todos os tipos.

        



            A culinária nordestina tem pratos saborosos como: Galinha caipira e a cabidela, arroz de leite e carne do sol, macaxeira frita e farofa d'água, buchada e cabeça de bode, feijão verde e mocotó, paçoca de pilão e carne de charque, a cozinha nordestina também tem peixe frito, camarão frito ou cozido, sem falar nas paneladas. 

        


            Então, o povo sertanejo além de ter uma cultura rica em todos os segmentos, também tem uma culinária muito rica em todos os aspectos, que faz do nordeste um pedacinho doce do Brasil.
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG