. ARTE E CULTURA POPULARA ARTE DE NEWTON AVELINO: 07/13/14

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    13 de jul de 2014

    PIABA

                        
                                             Fonte da imagem: folhape

                                


                                         PRATO REGIONAL

       


        Uma iguaria muito gostosa do sertão nordestino é a “piaba”. Esse minúsculo peixe é cardápio certo na mesa do sertanejo. Principalmente na época de estiagem em que o sertanejo que mora nos confins do semiárido nordestino, tem dificuldades em adquiri o seu alimento. Eles são aqueles mais necessitados e que não tem muita opção de uma boa alimentação. Esse peixinho com certeza faz parte da cultura nordestina.

      

        Ela pode ser consumida com o acompanhamento de outras comidas regional. O certo é que as pessoas que moram no semiárido, sentem dificuldades em conseguir o seu próprio sustento como, por exemplo, o seu próprio alimento. Na seca as pessoas que moram no semiárido são as que passam por mais privacidade, pois no sertão quando não chove, o negócio fica difícil, porque a redução de mantimentos é drástica.

       

           O sertanejo procura se virar como pode, ele realmente começa a se virar como pode mesmo. Na seca geralmente a sua mistura quase não existe ele tem que comer o que produziu a um ou dois anos atrás, e às vezes nem isso, pois o que ele plantou não vingou, e aí ele vai comendo. Xerém de milho, o feijão de corda, o arroz ou a fubá de milho até mesmo quando ele caça pode ter a mistura de uma caça. Mas quando chove no sertão as coisas mudam.

       

        Logo vem à fartura junto ao verde e a alegria do sertanejo. Eu vou falar aqui de uma tradição que sempre existiu no sertão, isso tanto faz ser inverno ou não, que é a pesca da piaba. A piaba é um peixe minúsculo que quando os rios estão cheios no sertão, elas fazem parte do cardápio sertanejo. Esses peixinhos são geralmente encontrados em açudes do nordeste brasileiro.

      

         Elas são saborosas com qualquer mistura.  Pode ser consumida com quaisquer produtos  da região, como a batata doce, a macaxeira, o inhame, a farofa d'água, com o arroz, feijão ou qualquer outra coisa. Para se comer esse saboroso peixe é preciso primeiro salgá-las e depois colocá-las para secar ao sol, e de vez em quando virá-las de um lado para o outro. Depois que estiverem secas, retira-se do sol, as sacodem para sair o excesso de sal. Depois passam elas na farinha e coloca-se em uma frigideira com óleo ou azeite em fogo brando para que elas assem e fique crocante.

       

         Elas podem ser consumidas até com verduras e um pouco de limão. Esse peixe é pescado ou pego em armadilhas com isca de farinha. Como diz o sertanejo, elas são essenciais no cardápio do homem do sertão, tanto na época do inverno como também na seca, porque é uma forma de complemento alimentar deles. Eu sempre gostei de pescar muito esses peixinhos, eles são deliciosos quando fritos.

       

          Eu gostava mesmo de pescá-los com caniços de bambu, porque para pegá-los em armadilhas não tinha muita graça. O bom da pescaria é você pescar o peixe. A "Piaba" não fica atrás de nenhum outro peixe do seu tamanho, porque o seu sabor é único. Tem pescador que gosta de pescá-las com malhas como: redes e tarrafas da malha fininha. Pescar "piaba" no sertão além de ser um prazer, também pode ser por necessidade. Esse peixe é a cara do sertanejo.


    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG