SEGUIDORES

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

12 de jan de 2015

UM SABOR DE NORDESTE

                            
                                                Fonte da imagem: apenasmulhernacozinha
                                                    




                            UM MANJAR NORDESTINO
   





       O cardápio da cozinha nordestina é um manjar para quem aprecia uma comida de aromas suaves e de sabores picantes. Essa cozinha nordestina é uma das mais apreciadas pelos que gostam de uma saborosa comida. Não é à toa que ela tem muita influência dos temperos europeus, africanos, indígenas e até oriental, assim como todas as outras de todo Brasil.

   




       Porém ela leva uma vantagem enorme no que se refere à influência direta dos europeus, índios e escravos, desde o descobrimento do Brasil a partir da Bahia. Na contra mão da história é claro que o brasileiro adaptou esses temperos e que naturalmente surgiram outros pratos e devidamente ganharam novos sabores tipicamente brasileiro.

   




       É claro que a cozinha brasileira surgiu com esses novos sabores, porque o brasileiro é muito criativo e não se acomodou com os sabores e pratos que vieram de fora. Hoje a cozinha nordestina sem medo de errar, é uma das mais criativas, mais saborosas, que tem um aroma impressionante e que é muito picante. Hoje vamos falar do Pirão de ovos.

   




       Você pode preparar o pirão de ovos a partir do caldo que sobra da carne que você termina de preparar. Esse caldo é feito com vários temperos, você pode usar ele para fazer o pirão bem saboroso. O pirão além de ser uma comida tipicamente nordestina ele faz parte da mesa de muitos brasileiros. Se você não quiser usar o caldo da carne que você cozinhou, tem outro modo de você fazer o pirão de ovos.

   




      Use dois tabletes de caldo de bacon, um dente de alho, um tomate grande cortado, uma cebola média cortada em cubinhos pequenos, um pimentão cortado picadinho, cheiro verde picadinho, quatro ovos, um litro de água, farinha a gosto, uma colher de chá de colorau, azeite ou óleo.

  




      É bom você saber que antes mesmo de você começar a fazer o pirão, você deixa o caldo cozinhar um pouco, quando ele estiver fervendo, você vai quebrar os ovos e despeja dentro desse caldo fervendo, quando estes ovos estiverem fervidos, pegue com a colher separe-os em um pires e depois que você já estiver feito o pirão então você coloca os ovos no pirão. Sendo assim, você terá feito um dos pratos mais conhecido do sertão nordestino.


A BANDA DO SIRI

                                                       Fonte da imagem: Fábio Henrique

                                       


                     CARNAVAL EM NATAL É NA REDINHA
                                                              
  



      A arte do artista plástico potiguar Newton Avelino vai sair estampada nos abadás da Banda do Siri da Redinha que é um dos bairros mais tradicionais no carnaval de rua da cidade de Natal-Rn.


   



     O diretor do bloco “A Banda do Siri”, Fábio Henrique, lhe fez o pedido e foi prontamente atendido pelo artista. Essa banda já existe há 26 anos e é parte do carnaval de rua do litoral norte, fazendo a alegria dos foliões.


   



     O carnaval autêntico é aquele que é praticado na rua com muito frevo, muita irreverência e com orquestra de metais puxando os foliões, sem cordas como forma de isolar pessoas, não existe por lá. Pois o tipo de carnaval que as pessoas gostam de brincar ainda é o carnaval tradicional, aquele com liberdade e alegria.

ARRIBAÇÃ, SÍMBOLO DO SERTÃO

                     
                              Fonte da imagem: caririemfoco
                             
                                           



                PÁSSARO DO SERTÃO NORDESTINO
  




      Com a falta consciência de caçadores que praticam a caça a essa ave que tem a cara do sertão nordestino, e é um símbolo dessa região o órgão fiscalizador estar sempre atento. Essa ave é chamada de arribaçã, avoete ou pomba de bando. Elas voam em bandos.
   




     Centenas, milhares, a procura de locais que tenha água e que seja bem fechado para pôr os seus ovos. A onde elas se abrigam chamamos de pombal, lugar geralmente que é bem fechado com uma vegetação rasteira como à macambira ou como uma vegetação mais alta verde e seca, que chamamos de jurema, e compondo essa vegetação vem o xique xique.
   




     Milhares de aves chegam ao sertão nordestino para a postura do ano. Triste é saber que elas são alvo muito fácil de caçadores dessas regiões a onde elas vem a procura de água e de uma mata fechada para fazerem sua postura e chocarem seus ovos. As pessoas não tem a preocupação de não pisarem nos ovos desses pássaros.
  




      Por isso é que é crime se caçar esse pássaro silvestre. Essa ave está presente em quase todo o sertão do nordeste. A fiscalização é intensa mas mesmo assim ainda tem caçadores que insistem em caçar essa ave. De acordo com os responsáveis pela fiscalização dessa área, já tem um plano de manejo, que foi proposto pelo Centro Nacional de Pesquisa para a conservação dessas aves silvestre. (Cemave) O desafio mesmo é fazer o uso sustentável da arribaçã.
   




     O fato é, que há exploração desde o momento em que as aves se instalam nos pombais, para a reprodução. Existe sempre alguém querendo caçar essa espécie, tanto para o consumo próprio, quanto para comercializá-lo. A preocupação das autoridades, é que se abrir mão da fiscalização, é que essa espécie da fauna silvestre desapareça com o passar dos anos, justamente por que a caça destrói os ovos nos pombais e que fica muito difícil a procriação da espécie. Como todos já sabem, esse tipo de caça é ilegal, portanto as pessoas sabem os riscos que correm, cada um tem que assumir os seus erros, e não continuar persistindo com os mesmos.

UM LUGAR CHAMADO NORDESTE

             
                              Fonte da imagem: buzzfeed
                                        




                     DA CAATINGA À MATA ATLÂNTICA
  





      Se você nunca veio ao nordeste e acha que tudo aqui é muito bronco, que as pessoas não são esclarecidas e que são atrasadas, acho que está na hora de você vir à região para ter uma ideia própria do que é o Nordeste do Brasil.
   




     Essa região foi descoberta durante o século XVI. Pedro Álvares Cabral, desembarcou com a sua expedição no dia 22 de abril de 1500, na cidade que hoje tem o nome de Porto Seguro, Bahia. Até isso o nordeste foi um dos estados brasileiros que teve esse privilégio de ser o primeiro a ser explorado historicamente e comercialmente.
   




      Essa região brasileira é a que tem o maior números de estados com: Pernambuco (incluindo o Distrito Estadual de Fernando de Noronha), Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e o Maranhão. Foi no litoral nordestino que tudo teve início, no que se refere as atividades econômicas do país, tais como o plantio de cana de açúcar e os seus derivados, também a extração do Pau Brasil, o plantio do algodão e outros.
   




      Com o passar dos anos, as intermináveis secas no nordeste e a grande concentração fundiária vieram a migração de nordestinos para outras regiões do Brasil, principalmente nas décadas de 60, 70 e 80. Já na década de 90, devido às crises econômicas dos mercados de várias grandes cidades, caiu a oferta de empregos diminuindo assim a ida de nordestinos para o sudeste do Brasil.
   




       Nos últimos anos o movimento tradicional de imigração tem se invertido na região Nordeste. Nos estudos da nova geoeconomia do emprego no Brasil, Sergipe, Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba receberam mais imigrantes de outras regiões do Brasil.
   




      O clima dessa região apresenta temperatura elevada entre 26° a 35° anual. O índice de precipitação pluviométrica varia entre 300 a 2.000 mm, O clima no nordeste é equatorial úmido, Litorâneo úmido, Clima tropical e Clima tropical semiárido. A vegetação desse estado é dividida entre Mata atlântica, Mata de Cocais, Cerrado, Caatinga, Vegetação e Matas Ciliares.
   




   As Bacias hidrográficas do Nordeste são bem importantes para alavancar a economia dessa região, são elas: Bacia do atlântico do Nordeste oriental, Bacia do São Francisco, Bacia do Atlântico do Nordeste ocidental, Bacia do Parnaíba que fica no Piauí e a Bacia do Atlântico leste.

.



Não é spamExcluir

10

1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...