. ARTE E CULTURA POPULARA ARTE DE NEWTON AVELINO: 05/16/15

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    16 de mai de 2015

    FENÔMENO CLIMÁTICO

                                              Fonte da imagem: cmfcps

                                                              
                                                    




                             PAISAGEM SERTANEJA DO NORDESTE
                                                              
       




         O nordeste brasileiro sofre desde muito tempo de um fenômeno climático extremo, que afeta vários sertanejos, e ocasiona impactos significantes no desenvolvimento das culturas, afetando drasticamente sua produtividade. 




         Este fenômeno destrói uma boa parte da economia rural desta região, trazendo muitos prejuízos para as principais fontes de renda destes trabalhadores rurais como: as lavouras de feijão, milho, mandioca, e também para à pecuária. 

       



          E chega a atingir a indústria canavieira, isso no litoral. A produção leiteira chega a cair 20% da média anual. Por outro lado, os sertanejos vivem outra situação, uma nova paisagem no sertão traz consigo a nova esperança de ter água em suas propriedades, a implantação de cisternas para armazenar a água da chuva. 

       



          Mesmo nós sabendo que a falta de água no sertão é quase crônica, devido a modificação de algumas frentes climáticas, sabemos que esta ideia e esforço por parte dos governantes em colocar cisternas para o agricultor armazenar água na época chuvosa, é uma das boas formas para se combater a seca na época de estiagem. Porém tem algumas outras formas de se beneficiar este mesmo agricultor para que ele tenha água em seu habitat, como por exemplo a perfuração de poços ou construções de barragens. 

       




          É claro que os pequenos e médios açudes que já existem nesta região, são as principais fontes de água para abastecimento de consumo e que quando passam pelo período de estiagem e secam, as pessoas que dele dependem, ficam em situação muito difícil, chegando a percorrer quilômetros e quilômetros de distâncias para conseguir água. Este meio de colar cisternas na casa dos sertanejos, é muito válido, primeiro porque a água da chuva além ser acumulada para ser consumida durante o ano, ela não pode ser evaporada, pois a cisterna mantém a temperatura ambiente. 

       




            Quanto mais cisterna, mais combate à miséria e mais oportunidade de trabalho para as famílias que são beneficiadas por ela. Outra ideia que seria uma boa solução, é de se fazer pequenos e médios açudes em efeito dominó, um açude atrás do outro com quilômetros separando um açude do outro, ou seja, quando um açude sangrasse na época chuvosa, jogava esta água do sangradouro, para o outro que já estaria a alguns quilômetros de distância. 

       




          Este Nordeste tem toda capacidade do mundo de ser alto suficiente em água. Aqui tudo que se planta dá. Estas cisternas que hoje fazem parte da paisagem sertaneja do Nordeste, elas são essências para que estas pessoas sobrevivam dignamente. Por isso é que é de suma importância que os gestores trabalhem em prol deste projeto, tão essencial para estas pessoas.






    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG