. ARTE E CULTURA POPULARA ARTE DE NEWTON AVELINO: 11/04/15

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    4 de nov de 2015

    ARTE EM BARRO



                                             Fonte da imagem: cultura.ba 
                                                                                            
                                  HÁBITO RUDE
        
        O sertão nordestino sempre foi e sempre será essa região seca, mas devemos abrir um parêntese aqui, pra esclarecermos que não é toda a região que é seca, a parte que sofre com a falta de chuvas é denominada de Polígono das Secas. São vários os fatores para que aconteça esse fenômeno, em primeiro lugar as depressões localizadas entre planaltos, isso desfavorece e muito a circulação de massas de ar úmidas, isso ocasiona a falta de chuvas. 

        Além do mais ainda é uma região com latitudes equatoriais, mais isso é outro assunto. Pois bem, como se ver pode-se amenizar o problema, mais nunca acabar, mesmo que se use água de poços artesianos chega uma hora que o lençol freático acaba. 

       Também tem a transposição do são francisco que deve beneficiar alguns mas nem todos, e também amenizar algumas regiões, então o sertanejo sempre vai depender das chuvas, primeiro porque molha o solo por inteiro, e depois é o meio mais democrático para com os homens. 

        Caindo águas dos céu, concedida por Deus, essa chuva molha tanto a propriedade do rico como a do pobre. Mas o assunto aqui é outro... como o sertão é muito quente e seco, a água que estava ao alcance do agricultor, ele ia pegar em algum açude e pequenos poços ou mesmo em cacimbões. 

        Toda essa água, era transportada em lombos de jegue para a sua casa. Naquela época eles usavam dois tipos de utensilio doméstico para esfriar essa água, um era o pote o outro era a quartinha. Esses sertanejos usavam essa tática porque a frieza do barro tanto ajudava a esfriar a água como a purificava. 

         Potes e quartinhas eram muito comum naquela época em fazendas, sítios ou mesmo nas cidades. Esses utensílios ainda existem em alguns povoados que não tem energia elétrica, isso força aos habitantes desses lugares a terem em suas casas. 

         Um hábito rude mais que na necessidade além de ser um meio certo e ótimo pra saúde deles em beberem uma água mais purificada pelo barro, eles não ficam sem água fria. 

         Com o avanço da modernidade e da facilidade das pessoas das zonas urbanas ou rurais, comprarem seus eletrodoméstico, essa tradição foi ficando só na memória. Hoje pode-se usar essas peças como objetos de decoração ou não, vai depender de quem assim o permitir. Eu só sei que esses artefatos de cerâmicas, fazem parte da história de um povo sertanejo do nordeste do Brasil.








    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG