, A ARTE DE NEWTON AVELINO: 12/28/15 12/28/15 - A ARTE DE NEWTON AVELINO

SEGUIDORES

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

28 de dez de 2015

TATU BOLA

 
Fonte da imagem: novo

                                                     
                                

                             ANIMAL DA CAATINGA


      

       Se tem um animal da caatinga do nordeste brasileiro que é muito caçado e pior, “indiscriminadamente”, esse animalzinho é o nosso tatu bola. Tanto pela falta de conscientização do homem do campo, como pelos caçadores de plantão, esse é o nosso tatu bola, do gênero Tolypeutes, Tolypeutes tricinctus e Tolypeutes matacus. 


      

        Ele também é conhecido em algumas outras regiões do Brasil, sem falar na Argentina, Paraguai e Bolívia. Em alguns estados da região nordeste, tem a caça ilegal, depois são vendido a beira das estradas desse sertão de meu Deus


     

     Foi comprovado que o manejo e consumo do animal, além de crime ambiental, pode trazer sérias consequências de doenças para quem consome a carne desse animal. 


     

      O IBAMA alerta a população para que não consuma carne de tatu, pois esse em pesquisas recentes, traz um fungo que provoca micose pulmonar, e foi comprovado em pesquisa nos USA que o animal é depósito de micróbio transmissor da hanseníase. 


    

     O tatu bola, é uma espécie de tatu que não escava buraco, ele se protege do agressor com a sua couraça ou seja, o seu casco fica em forma de bola. Ele aproveita tocas feitas por outros animais, para se esconder. 


   

    Geralmente os tatus caçam à noite. Seu alimento preferido são os cupins e as formigas, além de cascas de raízes. Ele tem um comprimento de 39cm e chega a pesar até 1,5 Kg. As fêmeas chegam a ter dois filhotes por ninhada. 


   

   Esse animalzinho é muito conhecido no nordestino sertão , mas sempre está sendo perseguido pela natureza de destruição do homem. Sempre vemos a caça indiscriminadamente sem chance de procriação desses animais. 


     

    Isso é consequência dessas pessoas, de não terem acompanhamentos de informações sobre a preservação do bioma em que eles vivem, e das espécies que lá estão. Seria necessário uma capacitação de conscientização para ensinar essas pessoas a aprenderem a conservar o meio ambiente aonde eles vivem. 


      

     Pois essas pessoas, são pessoas que não tem opinião formada sobre preservação ambiental ou de qualquer outro gênero. Já há muitos anos que essa espécie de animal nativo do bioma nordestino, vem sendo ameaçado. 


       

       Estamos no século XXI, sabemos que as coisas mudaram e as pessoas não precisam mais fazerem esse tipo de coisa, como fazem até hoje. É triste mas é uma realidade, podemos dizer que é cultural mesmo, algumas coisas. Se preservassem poderiam ter o período de calça liberado. Mas isso hoje é ilegal, é fiscalizado pelo IBAMA. 


      

        Hoje, depois de tudo que foi comprovado sobre o tatu, talvez as pessoas tomem consciência e deixe o animalzinho em paz. O estado do Piauí já registou mais de 100 casos de micose pulmonar, transmitida por um fungo que reside no solo. 


     

     Esse fungo fica depositado no tatu, animal silvestre muito conhecido, consumido e comercializado nessa região. Também tem a questão dos poços artesianos, que é outra fonte que pode ser uma das formas de transmissão desse fungo. 




      Então por via das dúvidas, é bom as pessoas tomarem mais cuidado e deixarem o tatu de lado começar a comer outro tipo de carne. No caso dos poços as pessoas tem que usarem luvas.







                                                                                                 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...