, A ARTE DE NEWTON AVELINO: 01/25/16

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    25 de jan de 2016

    PÉ DE TUCUM

                             
    Fonte-da-Imagem: ilovenature123


                                          
                                            
                                           ALMEIRA DO CERRADO




         O tucum é uma fruta que dá em uma zona de transição entre o cerrado e a caatinga, o tuncunseiro dá umas três caixas por ano. Ele é muito comum no estado piauiense, essa palmeira é encontrada facilmente nesse belo estado. O seu fruto tem um alto teor de carboidrato, serve para alimentar animais e humanos. 


        A sua amêndoa é usado para a fabricação de óleo comestível. Ele já foi fonte de geração de emprego e renda, talvez por falta de incentivos para manejo e novas plantações para poder baratear o produto. 


          Ele perdeu espaço para outros concorrentes tais como a soja e o dendê. Hoje os seus frutos ainda são muito bem aproveitados por família de baixa renda. Essa árvore é uma palmeira de grande porte, bem alta, tem um tronco cheio de espinhos. 


        Ela é inconfundível dentro da caatinga ou cerrado nordestino, ela se diferencia de outras palmeiras nativas da região do semiárido nordestino. Esse tipo de palmeira chega a atingir aproximadamente uns 15 metros, seu tronco chega a medir uns 30 cm de diâmetro. 


           Ela tenha folhas que tem uma coloração verde-musgo. Seus frutos tem um formato obovóide e tem um tamanho de pelo menos 6 cm de comprimento e 4 cm de diâmetro. Os seus frutos quando ficam maduros, apresentam casca amarela esverdeada, e a sua polpa, levemente alaranjada. 


       Essa palmeira é encontrada na mata atlântica principalmente na Bahia, também é encontrada facilmente entre o cerrado e a caatinga nordestina, uma zona de convergência que existe. Seu nome científico (Bactris setosa), ticum, tucunzeiro, tecum. 


        Como os frutos são fibrosos e suculentos, daí surgiu um dos seus nomes populares, uva do mato. O palmito que ele produz também é comestível. A fibra que essa árvore produz, também no passado servia para fabricação de redes, e elas eram bem resistentes, chegando a durar meio século. 


          Podemos dizer que essa é uma palmeira do cerrado do nordeste. Ela é da família das arecacease, nativa, endêmica do Brasil. Também podendo ser encontrada em todo Brasil.

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG