. ARTE E CULTURA POPULARA ARTE DE NEWTON AVELINO: 02/08/16

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    8 de fev de 2016

    CARNAVAL EM RECIFE

    O grandioso Carnaval de Recife
    Fonte da imagem: historiasecenariosnordestinos



    CARNAVAL EM RECIFE É FERVOROSO





         O Brasil é um país continental e que tem em cada Estado da federação um modo peculiar de fazer os seus costumes, suas festas, danças, folclore, cultura e tudo mais. Sabemos também, que é isso que faz a sua cultura ficar tão rica e forte. A lista de comemorações de festas brasileiras é razoável. Por isso o brasil também é conhecido como um país festeiro, onde mostra o seu folclore, danças e músicas e toda a sua cultura popular. Como está na época carnavalesca, vamos falar do carnaval brasileiro.




           O nosso carnaval está começando e costume começou já há muito tempo atrás e teve influência europeia. Comemorado em Portugal desde o século XV, o entrudo foi trazido para o Brasil pelos portugueses, isso no Brasil colônia. No século XVll ele, influenciado pelas festas que acontecia na Europa, principalmente em países como França e Itália, onde o carnaval ocorria como forma de desfiles urbanos, onde os carnavalesco usavam máscaras e fantasias. O Rei Momo, pierrô e colombina foram personagens que foram incorporados ao nosso carnaval.





          No Brasil, os primeiros blocos carnavalescos começaram a aparecer só no final do século XlX. Já no século XX, as pessoas se fantasiavam, decoravam os seus carros e em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Daí vem a influência dos carros alegóricos das escolas de samba do nosso país. No final do século XlX os grupos carnavalesco ocupam as ruas do Rio de Janeiro, servindo de modelo para todo o país. Nessa época, os foliões costumavam frequentar os bailes fantasiados, usando máscaras e disfarces inspirados nos bailes de máscaras parisienses.




           O carnaval tomou forma do carnaval que conhecemos hoje, com a criação da primeira marchinha, isso em 1899, por Chiquinha Gonzaga. A marchinha chamava-se “Ó abre alas”, e foi feita para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro. Note que pegamos a influência europeia dos carnavais de lá, mas que a partir daí começamos a moldar os carnavais ao nosso próprio costume as nossas próprias necessidades e começamos a deixar ocarnaval com a nossa identidade. Isso a partir das marchas. Alguns dos nossos compositores que contribuíram para deixar o carnaval bem brasileiro, com a cara do nosso povo, foi: Braguinha, Lamartine Babo, Haroldo Lobo e outros. As marchinhas e o próprio samba começaram na década de 20.




           A primeira escola de samba começou no Rio de Janeiro e se chamava Deixa Falar. Na outra vertente do carnaval, vem o nordeste que manteve a tradição do carnaval de rua com seus blocos. Seja ao som dos maracatus, frevo ou caboclinhos de Pernambuco, a folia nos estados nordestinos é só animação pura, e já é tradição começar na sexta feira de carnaval e ir até a quinta feira da outra semana. Como se ver, o nordeste é uma das regiões que mais valoriza o carnaval de rua do Brasil. No recife existe um bloco de rua que pelas estatísticas puxa mais de um milhão de foliões. Então, como vemos, o carnaval no nordeste deixou de ser “elitizado” já há bastante tempo. Não vai ter o glamour de outros carnavais, mas sabemos a que a tradição continua. Esse é o carnaval do Nordeste do Brasil, esse é o carnaval brasileiro.







    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG