. ARTE E CULTURA POPULARA ARTE DE NEWTON AVELINO: 03/27/16

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    27 de mar de 2016

    FOLCLORE MARANHENSE

                            


                                               `                

                                        


                                               DANÇA O CACURIÁ




        As diversas danças e músicas dentro do folclore nordestino nos enche de orgulho em saber que esse povo tem uma região com uma cultura extremamente rica do ponto de vista cultural e social desse país chamado Brasil. Isso sem falar nas artes plásticas, na sétima arte, na poesia, performance, nas intervenções urbanas ou em qualquer outro tipo de suporte. 




         O nordeste brasileiro eu costumo dizer que além de ser o celeiro do brasil na agricultura, somos o celeiro cultural do Brasil também. Então para onde formos, vemos um cenário de grandes artistas e de grandes festas folclóricas dentro dessa região brasileira. Isso vemos com muita satisfação, porque a cultura nordestina além de preservar algumas vertentes mais tradicionais, também a nota-se que algumas outras vão sendo renovadas e adaptadas mas mantendo a antiga tradição. Pois sabemos que, o tradicional pode muito bem andar junto com o moderno.





         Vamos falar hoje de um estado nordestino que tem um folclore marcado por uma grande adversidade de danças. São tantas que vou citar algumas aqui: bumba meu boi que é a mais conhecida, tem o tambor de crioula, tambor de mina, também tem o cacuriá e mais algumas outras. São danças populares do folclore maranhense, que só aparecem nas épocas juninas. Então, dentre algumas que eu já citei, vamos falar da dança “o cacuriá “. 





           Típica do nordeste, mas que é genuinamente maranhense, surgiu do final da Festa do Divino Espirito Santo, após a chamada derrubada do mastro, as caixeiras e os brincantes aproveitavam para nesse momento se divertirem já que nos dias de festas eles não podiam. Após tocarem e dançarem o carimbó de caixas, ou baile de caixas, tendo na coreografia do bailado dos corpos dos brincantes, foi aonde o cacuriá nasceu. Isso nos anos 1970.






              Esta dança típica representa parte do folclore do Maranhão e é muito vista nos festejos juninos maranhense. Essa é uma dança de roda animada por instrumentos de percussão que são pequenos tambores e animada por um cantador ou cantadora cujos versos de improviso são respondidos por um coro formado pelos brincantes. Então, vemos que em todo nordeste a cultura é muito rica, com vertentes diferenciadas de um lugar para outro mas que, de algum modo, também existem vertentes que se equivalem de um estado para outro. E assim vai caminhando a cultura nordestina do Brasil dando um exemplo de organização cultural popular para as novas gerações que vão surgindo.




                                                                    

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG