, A ARTE DE NEWTON AVELINO: 04/20/16 04/20/16 - A ARTE DE NEWTON AVELINO

SEGUIDORES

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

20 de abr de 2016

BARCOS LAGOSTEIROS

BARCOS LAGOSTEIROS | Fonte da imagem: IBAMA.GOV








COVOS PARA PEGAR LAGOSTAS





    O nordeste é uma região que foi muito próspera na pesca da lagosta. Essa região era uma das que mais pescava esse pescado dentre todas do Brasil. Um dos estados nordestinos campeão em captura de lagosta, era o estado do Ceará. Os barcos lagosteiros do estado é uma das marcas registradas da sua cultura. 





    Sabemos também, que esse tipo de pesca vem caindo muito a produção e o fator primordial para tal feito é a pesca ilegal que causa um problema, tanto para aquele pescador profissional, que respeita todas as regras das leis, quanto para os que compram, pois não vão ter esse produto em seus estabelecimentos. A forma legal e permitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), a pesca com o manzuá, já que só atrai lagostas grandes.






      Tem muitos pescadores que falam que existe hoje no mar mais redes e caçoeiras do que o manzuá que é a forma de pesca desse crustáceo, permitida pelo IBAMA. A lagosta vermelha é a que tem um tamanho maior, a outra, do cabo verde, chega a 11 centímetros de comprimento. No período de defeso desse crustáceo, que vai desde o começo de dezembro até o dia 1 de junho, não se recomenda a compra com vendedores ambulantes ou em praia, pois elas podem ter sido capturada ilegalmente. 





    Ao comprar em um estabelecimento idôneo com peixarias ou mesmo supermercados, você pode ter mais segurança em um produto devidamente legal. Também é aconselhável se pedir a declaração de estoque com o carimbo do IBAMA. Poi,s os órgãos competentes estão sempre fiscalizando.






      Esse crustáceo é muito comum mesmo no nordeste mas vai até o sudeste do Brasil. Ela pode ser encontrada entre 70 e 200 metros de profundidade. Tem o hábito de se aproximar da costa na época de reprodução. A fecundação se dá quando o macho vira a fêmea de costas e deposita o esperma sobre sua barriga, algumas horas depois, ela põe óvulos. 





     Depois da fecundação os óvulos são envolvidos num tipo de gelatina que ficam grudados na barriga da fêmea. Depois de uns 20 dias, nasce uma larva, que depois de várias mudas se transforma em uma lagosta jovem. Esse período de defeso é justamente para que essa espécie de crustáceo não desapareça do seu habitat natural. Mas alguns pescadores sem consciência ainda insistem em captura-las sem menor remorso. 





     Se esse período de procriação fosse respeitado, os pescadores iam ter mais pescados, iam gerar mais emprego e renda e iam ter um ciclo de procriação de uma espécie que lhe dá sustentabilidade para que ele possa tirar dessa atividade pesqueira um meio de sobrevivência. O estados do Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte são os maiores produtores de lagosta da Região. O estado do Ceará é o campeão com 28,4%, o Rio Grande do Norte vem em 2º lugar com 14,7% e a Bahia vem com 12,7%.






     Dessa forma, vemos que o Nordeste produz muita lagosta, só precisa as pessoas que vivem desse tipo de pesca se reunirem e no período do defeso, procurar fazer outras atividades, pois isso irá beneficiá-los quando eles retornarem a pescar depois. Essa gente, é uma gente que trabalha de sol a sol dando um duro danado para ter a sua sobrevivência e, portanto, precisam de mais incentivos e eu tenho certeza que o governo federal e estadual também vão encontrar uma forma para que essas pessoas possam se sustentar com outro tipo de trabalho na época do defeso.








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...