, A ARTE DE NEWTON AVELINO: 09/26/16

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    26 de set de 2016

    AZUL TURQUESA

    MARAVILHA POTIGUAR | Fonte da imagem: bahia.ws











    MARAVILHA POTIGUAR








          Sabemos que as praias do Nordeste são parte um polo turístico que alavanca o aquecimento da economia dessa região. No nessa região, tanto na área do seu litoral quanto na parte que se refere ao sertão são duas sub-regiões que oferece aos turistas, comodidade, atração, cardápios nacionais, regionais e internais e uma logística ótima. São duas sub-regiões lindíssimas, com suas características peculiares de como vemos as coisas, mas que sempre é bom quando pode se conhecer essa região tanto do lado lindo das paisagens praieiras quanto das paisagens lindas da caatinga. 






          Quando se fala de Nordeste brasileiro, sempre associamos ao turismo, a sua culinária, e a sua cultura. Hoje vemos que o Nordeste, é para os brasileiros e para turistas estrangeiros, uma espécie de caribe, pois temos lindas praias, temos paisagens paradisíacas, temos um povo alegre e temos um pais tropical. Então tudo isso, faz com que essa região do Brasil, seja uma das mais procuradas para turismo pois ela tem um calendário de festas predefinidas que é feito para essas festividades durante todo o ano. É por isso que o Nordeste brasileiro, se diferencia de outras regiões brasileiras. 






           Dentre muitas praias dessa região, eu vou destacar uma dessas, que podemos chama-la de cartão postal ou mesmo de cenário paradisíaco de cinema. O nome dela é Barra de Cunhaú. Esse lugar é um lugar bem especial e mágico, só quem conhece é que tem a dimensão de quanto ele é realmente lindo. Fica distante da cidade do Natal, a capital do Rio Grande do Norte, cerca de 76 Km. Para chegar a praia de Barra de Cunhaú, é pela BR-101 no sentido litoral sul, indo de Natal para Barra, é feito pela BR 101 no sentido João Pessoa, em seguida pela RN-269. 






          Também pode se chegar pela beira mar, percorrendo cerca de 60 Km de litoral, em buggy ou em veículos 4x4, quando a maré estiver baixa. Essa praia fica no município de Canguaretama, e é uma das praias mais famosas desse município, com uma enseada paradisíaca de águas tranquilas e uma paisagem deslumbrante, cinematográfica, tendo como cenário as águas do Rio Curumataú, o município de Canguaretama está repleto de lindas praias, dunas, lagoas, rio e manguezais e muito mais. 






          Essa região além de ser um polo produtor de camarão, ainda é muito procurada para a prática de esportes náuticos tais como: windsurfe, kitesurf e outros. Esse lugar tem uma boa infraestrutura gastronomia e de hospedagem, e ainda tem um aspecto de pequena cidade de interior, com muita beleza e calmaria. É isso que deixa os turistas e os nativos relaxados com tanta beleza e paz que esse lugar transmite. A história dessa região registra o trágico acontecimento chamado Martírio de Cunhaú, acontecido no Engenho Cunhaú, no dia 16 de julho de 1645. 






          O delegado do Conde Maurício de Nassau, Jacob Rabi, chegou a Cunhaú acompanhado pelos índios Janduís. Durante a missa dominical, que estava sendo, celebrada pelo Padre André de Soveral, o delegado Jacob mandou os índios invadirem a capela e matarem o padre e todos que estavam naquela missa. Esse ataque foi tão violento que, atingiu até as pessoas que estava na casa grande do engenho. Só escaparam três pessoas. 






          Então como vemos essa região além de ser linda, e ter um cenário de cinema, ainda tem uma rica história para ser contada para os que ali chegam para visitar e se deliciar das belezas naturais e da gastronomia do lugar, que é praticamente a base de frutos do mar. Procurem um guia autorizado para que ele mostre as belezas do lugar, só assim a sua viagem não se torna uma dor de cabeça. Procurem saber aonde fica os lugares que se possa tomar banho tanto de rio quanto nas lagoas ou mesmo nas praias, que não traga perigo para os banhista.




    PRATO SABOROSO

    SABOR REGIONAL | Fonte da imagem:












    SABOR REGIONAL








          O cardápio do sertão nordestino, é muito diversificado e infinito em termos de sabores, temperos e aromas. Grandes pratos regionais são feitos na cozinha nordestina, são os que levam variavelmente, milho e leite e que é quase uma unanimidade nessa sociedade rural e urbana. Não existe cozinha nordestina sem os derivados do milho nem muito menos do leite. Isso tende a ter um aumento de consumo desses dois produtos, na época junina. Pois bem, hoje nós vamos destacar o cuscuz e a coalhada. 






          Esses dois produtos, são indispensáveis na mesa do sertanejo, pois são eles que fazem com que, tanto a energia quanto os sabores dos dois, façam a cabeça, a mente e ainda ajude ao corpo desses nordestinos, aguentarem o tranco da roça, no dia a dia da labuta do homem do campo. O pão feito nas padarias, está presente na mesa dessas pessoas, mas nunca é como um cuscuz e uma coalhada. 






          Hoje com a industrialização de alguns alimentos, vemos que a cultura de uma boa alimentação saudável, deve ter sumido do nosso convívio, e eu até entendo, pois com a correria do dia a dia, e a falta de tempo para que essas pessoas façam suas refeições em casa, isso faz com que as pessoas aprendam a fazerem as suas refeições em restaurantes ou cantinas, das avenidas das cidade grandes, mas por outro lado eu vejo que, sempre podemos nos policiar e tentarmos achar um tempinho para comermos uma comida mais saudável. 






           Com tudo isso, é claro que algumas das nossas tradições vão se perdendo pelo caminho, mas que ainda existe um bom hábito de algumas pessoas terem o privilégio no sertão nordestino, de degustarem uma deliciosa coalhada com cuscuz. Eu sei que o modismo sempre está na linha de frente de qualquer coisa que o ser humano se proponha fazer, porém precisamos conserva o tradicional, pois ainda acho que o moderno e o tradicional, podem muito bem andar juntos. 






          Coalhada sempre achei que fosse coalhada, mas já fizerem coalhada cremosa, coalhada seca, coalhada temperada e por aí vai. Isso não é ruim, é até salutar, mas acho que coalhada é coalhada, a tradicional. Ela não é tão difícil de ser feita não, pelo contrário, é até simples demais, talvez seja por isso que ela tem a cara do sertão nordestino, já que o Brasil foi descoberto por aqui, e a coalhada deve ter sida introduzida através dos árabes, no Brasil, mas como foi em todos os seguimentos da nossa cultura, esse foi mais um que aperfeiçoamos e talvez tenha ficado com a cara de Brasil e de Nordeste. 






          A coalhada é o nome que se dá à parte sólida, que resulta da coagulação do leite. Ela pode ser muito benéfica para a flora intestinal. Geralmente, os sertanejos fazem as suas coalhadas a moda antiga, tais como pegar um litro ou mais de leite fresco, e colocam em um recipiente tal como uma tigela de vidro ou de plástico, e depois deixa ele por dois ou três dias nessa tigela para que o leite possa coagular e se transforma em coalhada, alguns coloca umas gotinhas de limão dentro do leite, para o leite venha a talhar, outros sertanejos se já tiverem o soro de outras coalhada, ele já coloca esse soro nesse novo leite que vai fazer nova coalhada, e então cobrem com um pano limpo durante 2 dias ou 3 dias. 






          Depois é só tirar aquela parte amarela que ficou por cima desse leite talhado, por causa da nata, e aí é só servir com açúcar. Mas o melhor de tudo isso, é que ela é servida em muitas fazendas do sertão nordestino, com um belo acompanhamento de um belo cuscuz feito de massa de milho que foi pisada no pilão. Então depois é só colocar essa massa para ferver pelo menos uns 15 minutos na cuscuzeira, deixar esfriar e servir com a coalhada. Esse prato típico da região do sertão do nordeste brasileiro, é mesmo um manjar. Como são dois pratos fortes da culinária nordestina, chega a dá um suador nas pessoas quando comem esses alimentos, pois são duas comidas bem fortes, mas que produz muita energia para quem está degustando.


    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG