, A ARTE DE NEWTON AVELINO: 10/29/16

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Iago Melanias

    SEGUIDORES

    Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

    29 de out de 2016

    AFUGENTADOS PELAS SECAS

    SEDE, FOME E MISÉRIA | blog tv web sertão











    SEDE, FOME E MISÉRIA











           Falar de Nordeste brasileiro e não falar de seca, fome e miséria, isso pode se tornar uma ideologia totalmente deturpada, porque eu falo isso, porque sabemos que o Nordeste brasileiro não é só fome, miséria e sede, claro que não, sabemos que essa região tem lugares lindíssimos, pontos turísticos magníficos, tem uma cultura rica em todos os aspectos, um povo acolhedor e que participam de processos de criação da sua cultura. 





            Pois bem, mas não seria para nós interessante, falar das belezas magnificas dessa região sem falar dos seus problemas crônicos que avassalam com esse povo sertanejo que moram na zona central do semiárido? Será que nos sentiríamos felizes em vermos nossos irmãos sofrendo em consequências das intermitentes secas? Não podemos falar de Nordeste brasileiro sem tocarmos na ferida crônica que assola essa sub-região nordestina, que é o sertão. 






           Em 1938 Graciliano Ramos lançou o romance “Vidas Secas”. Essa obra, que talvez seja a mais famosa do autor, ele já retratava as histórias vividas por retirantes, que deixavam o Sertão para fugir da seca. Depois de muitos anos, ou seja, quase 80 anos depois, a história se repete no sertão Pernambucano e em outras sub-regiões do sertão nordestino. Mais de 1 milhão de pessoas que vivem no sertão nordestino, sofrem com as consequências das secas, isso é só em Pernambuco, imagine nos outros estados da Região Nordestina. 






            É comum, encontrarmos na zona rural de alguns estados nordestinos, vilarejos com casas abandonadas. Esses sertanejos fugindo das secas, deixam as suas propriedades, as suas terras e tudo que tem por lá, para fugir da seca. Saem a procura de melhorias em outras cidades do mesmo estado e até de outros estados. Muitos reservatórios de água, já entraram em colapso. Não é fácil produzir em algum lugar que não tenha água. 






               Muitos carros pipas, ainda são a salvação de algumas famílias, pois a água chega através desses caminhões, pois é um projeto mantido pelos governos estaduais e federal. Essa pouca água que é distribuída pelos governos estaduais e federal, ela é racionada, e que serve só para consumo, pois para plantar, claro que não dá. Isso leva ao caos toda esperança de quem mora na roça e deseja plantar para sobreviver e dá de comer aos seus. 






              Não é fácil para quem mora por essas bandas. É muito fácil criticar as pessoas, quando a gente não conhece os problemas do lugar, difícil é a pessoa vir morar e fazer o que esses sertanejos fazem. Se ninguém planta na roça, não terá comida na mesa de quem mora na cidade, a tendência é aumentar os preços dessa comida que chega via importação ou de outros estados. Então vemos que esse problema é crônico, e que ninguém conseguiu ainda dá uma solução para esse caso tão sério, que ocorre no sertão 






           Nordestino. Não vou falar aqui de A, B, ou C, eu só quero ver atitudes para os poderes públicos, conseguirem acabar com essa falta d’água no sertão do Nordeste brasileiro. Nos últimos doze anos, o projeto de transposição do Rio São Francisco, cortou o semiárido nordestino, quero apenas ver, se vai ser a solução, pois ainda não saiu do papel todo o projeto, e ninguém sabe quando pode sair. Considero um bom projeto pois invés da água se perder no oceano, ela vai matar a sede de milhões de Nordestinos. Espero sinceramente que seja a solução para a falta d’água do Nordeste brasileiro, pois quem tem sede e fome, não pode esperar.






     







    ENTRADA PARA O DELTA

    ÁREA DE PRESERVAÇÃO | Fonte da Imagem: Delta do Parnaíba











    ÁREA DE PRESERVAÇÃO






     
          Se existe um negócio que o estado do Piauí tem, esse negócio é a beleza que esse estado tem, isso tanto no sertão como no seu litoral. A cultura piauiense é bem diversificada e rica. A cozinha piauiense é maravilhosa e eclética, é um manjar. A água desse estado é uma das melhores do Brasil, costuma-se dizer, que quem toma a água do Piauí, sempre voltará por lá. Mas vamos falar aqui um pouco, de uma localidade e de um porto que serve de ponto de apoio para quem vai conhecer o “delta do Parnaíba”. 






           O porto dos tatus, está localizado na ilha grande, cerca de uns 11 KM da cidade de Parnaíba. Ele é a porta de entrada para quem quer embarcar para passeios no Delta. A maioria dos passeios, saem de lá. Antigamente, alguns dos passeios, saiam do Porto das Barcas, mas hoje em dia, são poucos os que saem desse porto, os passeios de hoje, saem mais pelo o Porto dos Tatus. O processo de urbanização do Porto dos Tatus, está em andamento. Ele fica no município de Ilha Grande, no litoral piauiense. Com a urbanização do Porto dos Tatus, os turistas e ribeirinhos, ganharão um mirante, de onde terão uma vista panorâmica do Delta do Parnaíba. 






          Nesse local, também vão construir lanchonetes, pista de pouso de Helicópteros e um grande estacionamento. Nesse projeto, vai ter uma grande plataforma de embarque e desembarque de passageiros, e uma outra, para desembarque e embarque de mercadorias. Como vemos, esse projeto vai contemplar esse local com geração de emprego e renda para as famílias que moram nessa região. Essa região do Delta, é visitada o ano inteiro, e é esse porto que dar acesso as 73 ilhas que formam o Delta do Parnaíba. 






            Os ribeirinhos também usam esse porto, para se locomoverem para as vilas de pescadores e ilhas habitadas e que estão dentro do Delta do Parnaíba. No projeto que vai beneficiar o Porto dos Tatus, a área ganhará local para comercialização de artesanato, para palestras, exposições, apresentações culturais e área para as crianças brincarem. Nessa área também, existirá um cinema. Tudo indica que essas benfeitorias que vão ser feitas nesse local, irão melhorar o fluxo turístico desse porto, pois através de obras como essas, sabemos que o conforte e a comodidade para turistas e nativos dessa região é de vital importância para que esse local funcione com qualidade para beneficiar quem por ele passa. 






           A importância desse porto para toda essa região é tão grande, que a Companhia Docas do Maranhão, e o Governo do Estado do Piauí, construíram um atracadouro simples nesse local, mesmo sendo do lado que fica o estado piauiense, pois é que lá, é a porta de entrada para o Delta do Parnaíba, pois esse Delta está espalhado dentro dos dois estados Nordestinos, mas esse porto é um ponto mais estratégico para a entrada para todo o Delta. 






           Sabemos que, com essa urbanização desse Porto, o local vai ter um grande impulso econômico, social e cultural, mas também é preciso que a iniciativa privada invista nessa obra, para que as pessoas que por lá passam, tenham mais conforto quando estiverem usando esse local. Quando chegar em Parnaíba, será necessário dirigir-se ao Porto dos Tatus, para poder embarcar em um dos passeios do Delta. Você indo ao Porto dos Tatus, de carro, você vai cruzar a cidade de Parnaíba até o centro da cidade, em seguida segue em direção ao Porto das Barcas. 






           Cruze a Ponte para a ilha de Santa Isabel (por cima do Porto das Barcas) e siga reto pela estrada. Você verá a sinalização das placas que te indicam a onde fica o Delta do Parnaíba, depois você vira à esquerda, na bifurcação. Então você passará no meio de uma pequena vila, e continue seguindo a estrada principal,  vire à esquerda na placa. Então quando você chegar no final da rua, é onde fica o Porto dos Tatus. 






          Os embarques, são feitos no centro, próximo à ponte do Porto das Barcas. Indo ao Piauí, não deixe de conhecer esse cartão postal piauiense, uma maravilha que Deus deixou aqui na terra, para que nós. Uma maravilha da natureza feita pelo criador. O estado do Piauí pode te surpreender bastante, pois esse estado tem história, tem cultura e tem arte. Para falar do Piauí, é preciso conhece-lo, pois essa região, tem lugares maravilhosos que precisam ser conhecidos e divulgados. O calor humano dessa terra, é muito maior que o calor do seu clima. Visita o estado do Piauí, você ficará encantado.





    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    GOSTARIA DE ASSINAR O NOSSO FEED?

    100% gratuito

    RECEBA AS ATUALIZÇÕES DO NOSSO BLOG DIRETAMENTE NO SEU E-MAIL

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO BLOG