, PERÍODO NEOLÍTICO | A ARTE DE NEWTON AVELINO PERÍODO NEOLÍTICO - A ARTE DE NEWTON AVELINO

SEGUIDORES

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

17 de mar de 2017

PERÍODO NEOLÍTICO

CULTURA POPULAR  | Fonte da imagem: RSIM











ARTE POPULAR






    A região Nordeste do Brasil é uma região que tem sua cultura muito rica e muito ativa dentro de cada setor da sociedade aonde essas pessoas vivem. Ele é parte relevante de uma das vertentes culturais do Nordeste. Isso faz com que esses artistas tirem seus sustentos através da comercialização de seus produtos. Devido a uma enorme variedade de estilos regionais desse artesanato, é impossível destacarmos um, mas vemos que, as redes tecidas e bordadas, muitos produtos de madeiras e argilas, rendas e outros são confeccionados nessa região. 






       O artesanato do Nordeste brasileiro vem se destacando todos os dias aos olhos dos turistas e da própria cultura Nordestina e brasileira. No Estado do Ceará vemos que, os destaques são as garrafas coloridas e as rendas, no estado do Maranhão vemos que o babaçu é quem se destaca, no estado do Piauí a palha da carnaúba, no estado do Pernambuco, são as carrancas e assim sucessivamente. Ele é uma importante manifestação da cultura popular e sai das mãos de muitos artistas populares regionais. 





      Na maior parte das vezes a principal atividade econômica de alguma dessas sub-regiões nordestinas são os trabalhos feitos por esses artesões. Tanto com palha, como com o barro, essa são as formas que esses artistas usam sem nenhuma tecnologia, para construírem as suas histórias e colocarem os seus talentos para funcionar. A renda é um dos trabalhos em tecidos que nós herdamos dos europeus, assim como quase toda nossa cultura, mas absolvemos e adaptamos ao nosso modo, e então, conseguimos fazer um artesanato genuinamente brasileiro. 





      A produção artesanal nordestina é marcada por uma variedade de materiais, tais como: fibra, cerâmica, couro, fio e tecido. Incentivar e viabilizar o artesanato nordestino visando a geração de emprego e renda, pode ser uma das saídas para atenuar os efeitos devastadores da seca e da miséria. Um dos maiores artesãos do Nordeste, foi o “Mestre Vitalino”, ele influenciou uma geração de artesãos não só os artesãos pernambucanos mais muitos artesãos nordestinos através de suas obras. Isso foi essencial para o crescimento cultural do Nordeste e para uma enorme geração de artistas populares. 





     Mesmo essa produção artesanal tendo uma grande produção, vemos que alguns tipos de trabalhos são encontrados com pequenas variações entre um estado e outro dessa região. Os primeiros artesãos que surgiram no mundo, foi no período neolítico (6.000 a.c) quando o homem aprendeu polir a pedra, a fabricar cerâmica e a tecer fibras animais e vegetais. Então não é de hoje, que o artesanato está presente na vida do homem, ele já vem dentro de uma sociedade muito antes de Cristo. No Brasil, o artesanato deve ter surgido nesse período, através dos índios, pois quando os portugueses por aqui desembarcaram, encontraram os índios com pinturas a base de corantes vegetais. 





      O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo e gera sustento para muitas famílias e comunidades. Esse seguimento de arte faz parte do folclore e revela usos, costumes, tradições e características de cada região do Nordeste brasileiro. Esse seguimento da arte popular é revelado através das mãos de artesãos que com sua criatividade e habilidade, produz peças de palha, couro, tecido, barro, fibras naturais e materiais recicláveis, visando produzir peças utilitárias ou artísticas, com ou sem finalidade comercial. Então vemos que, esse tipo de atividade, é muito importante para o crescimento social, cultural e econômico, não só no Nordeste brasileiro, mas em muitos outros lugares do Brasil ou de qualquer outra parte do mundo, pois isso dá dignidade as pessoas que fazem parte desse mundo cultural.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário
-Os comentários do site são moderados.
-Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
-Comentários anônimos não serão publicados.
-Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, para isso utilize o campo url
-Os comentários não refletem a opinião do autor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...