, OS ESQUECIDOS | A ARTE DE NEWTON AVELINO OS ESQUECIDOS - A ARTE DE NEWTON AVELINO

SEGUIDORES

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

10 de nov de 2017

OS ESQUECIDOS

FORA DAS ESTATÍSTICAS l Fonte da imagem: meteoropole








FORA DAS ESTATÍSTICAS






      Nos tempos atuais que vivemos hoje no Brasil e precisamente na região do Nordeste brasileiro, uma pergunta que não quer calar é, quem é que se importa com a seca? Qual o tipo de político que você elege que realmente traz recursos para a sua região? Realmente essa é uma pergunta que me faço e acho que muitos sertanejos fazem, depois que eles se deparam com uma seca que mata e que traz destruição e flagelo para o bioma nordestino. A seca que atinge os estados do Nordeste e uma boa parte de Minas Gerais, há cinco anos, aliada à escalada do desemprego nas principais regiões metropolitanas da região, potencializa os efeitos da crise econômica dessa região. 





      A estiagem nessa região leva a quebra de safra, e reduz bastante o poder de compra da população nas cidades do interior, que tem um perfil tipicamente rural. Além de ser um problema climático, a seca gera dificuldades sociais e econômicas para as pessoas que habitam nessa região. A intermitente falta de água, torna-se difícil o desenvolvimento tanto dentro da agricultura como na criação de animais. Dessa forma direta e indiretamente a seca provoca a falta de recursos econômico, gerando fome, flagelo, morte e muita miséria dentro do sertão brasileiro. 





      Muitas vezes, os sertanejos precisam andar durante horas, sob sol forte para pegar água; na maioria das vezes essa água está contaminada. Com a falta de chuvas, não tem emprego; sem emprego não tem como comprar comidas, sem comida, a tendência é essas pessoas morrerem de fome. O mais revoltante é que, muitos políticos só aparecem em muitas sub-regiões do Nordeste, de 4 em 4 anos, que é a época de pedirem votos, para se elegerem e continuarem suas carreiras políticas. Infelizmente, a ingenuidade de muitos, fazem com que eles acreditem em muitas promessas, que na maioria das vezes, dificilmente não são cumpridas. 





      Acho que, esses sertanejos, tem que cobrar de cada político da sua região, as suas responsabilidades sociais e econômicas de determinado município que eles pertençam, pois eles não estão fazendo nenhum favor para a sociedade, afinal eles estão políticos e eleitos pelo povo, e é para isso que eles se elegeram, para trabalharem por todos, dentro dessa sociedade onde cada um deles se tornaram políticos. Chego a imaginar que, se a seca existe até hoje, e não foi solucionada, ou seja, eles só aplicam paliativo, e o que é pior, vemos que, há cada dia, essa região se torna mais e mais abandonada pelo poder público, é que não existe realmente força política para que esse problema social econômico e financeiro seja solucionado.





      Cenários futuros mostram que, o aumento da temperatura e redução na precipitação pluviométrica, especialmente na área do polígono das secas, se isso for confirmado, será cada vez mais comum esse tipo de coisa na região nordestina. O Semiárido corresponde a uma das seis grandes zonas climáticas do Brasil. Faz parte das terras interiores a isoietas anual de 800mm. Abrange os estados do Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e o Norte de Minas Gerais, ou seja, até o que foi legalmente definido como pertencente ao Polígono das Secas. 





      É caracterizado basicamente pelo regime de chuvas, definido pela escassez, irregularidade e concentração das precipitações pluviométrica num curto período de cerca de três meses, durante o qual ocorrem sob a forma de fortes aguaceiros, de pequena duração. Sua vegetação é a caatinga, único bioma no mundo. Sua temperatura é alta. A seca é um fenômeno natural no Nordeste. Há relatos da sua incidência desde o século 16, ou seja, desde o início da colonização do país. 





       O clima hoje é semiárido, mas no futuro poderá não ser mais. O sertão pode se tornar uma zona árida e favorecer um processo de desertificação do país. Depois de tudo isso, você acha que tem alguém interessando em acabar com a seca? Entra governo, sai governo, e a seca vai ficando. Acho que está na hora dos homens públicos pensarem no que querem para o sertão do Nordeste brasileiro. Se querem uma região produtora e promissora na área de agricultura e pecuária, ou se querem um sertão desértico. 














Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário
-Os comentários do site são moderados.
-Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
-Comentários anônimos não serão publicados.
-Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, para isso utilize o campo url
-Os comentários não refletem a opinião do autor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...