ÁRVORE IMPONENTE: O JUAZEIRO – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ÁRVORE IMPONENTE: O JUAZEIROBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ÁRVORE IMPONENTE: O JUAZEIRO A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ÁRVORE IMPONENTE: O JUAZEIROBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ÁRVORE IMPONENTE: O JUAZEIROBlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

29 outubro, 2014

ÁRVORE IMPONENTE: O JUAZEIRO

                      
                                       Fonte da imagem: linemarienobrasil
                                                    




                                    ÁRVORE FRONDOSA DO SERTÃO
  





     O juazeiro é uma árvore sombrosa e oponente no sertão nordestino e no cerrado. Ele é uma das árvores nordestinas, que sempre está verdinha e fazendo muita sombra, tanto para os animais, como para as pessoas.
   





     O mesmo serve também de abrigo para animais, nesse sertão seco de meu Deus. Essa árvore é da família Rhamnaceae. Ele é típico da região da caatinga, e pode atingir de 5 a 10 metros de altura. A largura do seu tronco chega até 50 cm de diâmetro.
   






      Suas folhas têm camada de cera, e suas flores são amareladas, os seus frutos são comestíveis e muito saborosos, eles são arredondados e amarelados.  Essa planta pode viver até 100 anos. Essa planta tem outros benefícios, não só em sua sombra e seus frutos, mas têm os benefícios medicinais, como as cascas do seu caule que é muito usada em garrafadas e chás.
   






       Suas folhas são muito usadas em cozimento, para lavar cabelos, e que também serve para combater caspas e piolhos. Também tem um pó que é obtido da entrecasca da árvore para ser utilizado como pasta de dente.
   






         A indústria vem incluindo as propriedades medicinais do juazeiro, em diversos produtos de higiene e estética. Na verdade mesmo, esse símbolo da caatinga, é cantado em versos e prosas por vários artistas sertanejos, com Luiz Gonzaga, o rei do baião, por Dominguinhos e outros.
   






        Por aí você como essa planta é admirada e respeitada pelos nordestinos. O juazeiro é uma planta, que as suas raízes sempre vão buscar água no subsolo, por isso é que essa planta sempre é verdinha, tanto faz está na seca como inverno.
   






        Ela é uma planta muito oponente no sertão e no serrado. A paisagem do sertão do nordeste brasileiro, só é bonita, com a presença dessa linda planta. Já cantava o rei do baião, Luiz Lula Gonzaga, “Juazeiro, Juazeiro, me responda, por favor, Juazeiro, velho amigo, onde anda o meu amor. Ai, juazeiro ela nunca mais voltou, diz juazeiro onde anda meu amor.”
   






       Então essa planta desperta até os poetas, não sou eu quem vai dizer que ela não é símbolo do nordeste, Ela é sim, símbolo nordestino, assim como o chapéu de couro, o mandacaru e outros tantos. O juazeiro é nosso, o juazeiro é do nordeste, planta forte e oponente.

Nenhum comentário: