A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: PARABÓLICAS NO SERTÃO PARABÓLICAS NO SERTÃOA ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

NEWTON AVELINO

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

02 dezembro, 2015

A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro , PARABÓLICAS NO SERTÃO , CIDADES DO NORDESTE ,

PARABÓLICAS NO SERTÃO

                                                                                   
                                               Fonte da imagem: portalopovo
                          
                             

                         A CAPITAL DAS PARABÓLICAS

      


         Se existe uma cidade campeã em termos de parabólica por habitante, essa cidade é a linda cidade de Pico no Piauí. Ela fica na frente das cidades do Maranhão que fica em segundo lugar, e das cidades de Minas Gerais que vem logo atrás em terceiro lugar. Picos deve ter uns setenta e sete mil habitantes e fica em um entroncamento rodoviário que eu considero talvez o primeiro mais movimentado do nordeste e talvez o terceiro do Brasil. 


      Essa cidade fica localizada no centro do sertão Piauiense e tem como ponto de ligação os estados de Pernambuco, Bahia, Maranhão e o estado do Ceará. O movimento de caminhões nesse trecho é imenso, carregando o progresso do Brasil tanto para o sudeste como para região sul e outras regiões do Brasil. A cidade fica encravada entre picos ou serras como queiram chamar. 


      O espetáculos das antenas é visto de cima do ponto mais alto da cidade, “o morro da Mariana”, situado no centro da cidade e que fica no bairro aerolândia. Um estudo preliminar aponta que as famílias de baixa renda, conseguem juntar e comprar a sua primeira parabólica depois de muito tempo. Como essa cidade é cercada por morros(serras), o sinal de transmissão convencional fica com péssima qualidade, então é daí que não por opção, mas por necessidade é que os habitantes procuram ter uma qualidade de vida melhor, e a tv faz parte dessa qualidade de vida. 


      É aí que a cidade por necessidade, procura se adequar as novas tecnologias, para poder dar aos seus ilustres filhos um melhor conforto em suas casas. E o comércio desse seguimento vem aquecendo as vendas na cidade, pois a procura é muito grande. Como o padrão de vida dos mais pobres subiu, é claro que eles procuram comprar a sua primeira antena para ter um melhor sinal em suas casas.  É como muito carinho que eu falo dessa cidade, pois morei muitos anos nela, e me considero também um filho dela. 


      Nasci em Natal no Rio Grande do Norte mas tenho muito carinho pela cidade de Picos no Piauí. Vejo muita gente puxar a sardinha para a sua brasa, dizendo que cidade tal, é a capital das antenas parabólicas, então para tirar a dúvida, é só olhar as pesquisas ou tirar uma folguinha e ir conhecer a cidade de Picos, pois tem uma serra no centro da cidade que você pode constatar se tem antenas por lá ou não, e olhe, não são poucas, você não consegue contar nos dedos. Picos cidade modelo, a capital das antenas parabólica do Brasil. E eu vou além, também já foi chamada de capital do mel. Essa cidade fica a uns 320 Km da capital do estado, Teresina.


Nenhum comentário: