A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato
Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

29 maio, 2019

FESTA FOLCLÓRICA DA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL E SEUS SEGREDOS

<img alt='a arte e a cultura popular do nordeste brasileiro ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='bumba-meu-boi '/>



O BUMBA MEU BOI É UMA TRADIÇÃO DA CULTURA DO NORDESTE BRASILEIRO DESDE O SÉCULO XVlll





      Se é uma coisa que o Nordeste tem, é um povo alegre, uma comida ótima e um folclore extremamente rico. Esse estado se destaca por sua culinária, seu povo e sua cultura diversificada. O folclore do estado do Piauí, é rico em causos, folguedos, costumes e tradições. Seu folclore e suas festas são marcos que foram introduzidos na sua história. O bumba meu boi é um dos folclores piauienses que mais se destaca no cenário nacional; dança originária do ciclo do gado que satiriza a relação desigual entre escravos e fazendeiros desde o século XVlll. 


<img alt='cultura-do-nordeste-do-brasil ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='bumba-meu-boi '/>



     Essa dança tem no ritual uma coreografia própria feita pelos escravos, com a introdução do figurino de tecido brilhoso e chapéu coberto de espelhos enfeitados com franjas. A melodia tem ritmo próprio e diferenciado, acompanhado de instrumentos como o bombo, apito, maracá e outros. A festa do Bumba Meu Boi constitui uma espécie de ópera popular. O boi é a principal figura da representação. Ele é feito de uma estrutura de madeira em forma de touro, coberta por um tecido bordado ou pintado. Nessa estrutura, prende-se uma saia colorida, para esconder a pessoa que fica dentro, que é chamada de “miolo do boi”. 


<img alt='cultura-nordestina ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='bumba-meu-boi '/>



      As veze, há também as burrinhas, feitas de madeiras semelhante ao boi, porém em tamanhos reduzidos e que ficam penduradas por tiras, como suspensórios, nos ombros dos brincantes. Seja bumba meu boi, seja reisado ou mesmo quadrilhas juninas, as manifestações culturais, agradam o público em qualquer época. Os grupos teatrais do Piauí e de outros estados Nordestino mesclam dança, música e teatro em uma mesma apresentação. Geralmente as brincadeiras de Bumba meu Boi acontece de fronte à casa de quem convidou o grupo, e que patrocinará a festa. As variações de uma região para outra, geralmente seguem uma ordem. Primeiro, canta-se uma toada inicial, que serve para juntar e organizar o grupo, antes de ir para a casa. 


<img alt='cultura-brasileira ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='cultura-do-nordeste '/>



      Em seguida entoa-se o lá vai, uma canção para avisar ao dono da casa e a todos que ali estão, que o boi deu a partida. Depois dessa introdução, vem a licença, em que o boi e o grupo se apresentam, entoando louvores a santos, a personalidades e a vários temas. Apesar do seu primeiro registro ter sido no estado de Pernambuco, o bumba meu boi é mais valorizado no Piauí e Maranhão. As controvérsias de toda a história que envolve o bumba meu boi, remete a história de três estados do Nordeste brasileiro, essa história é muito rica culturalmente, mas vemos que independentemente seja aonde ele tenha nascido, ele sempre é bem representado em todos os estados do Nordeste. O Piauí diz que a origem da lenda nasceu lá no século Xlll. No Maranhão os grupos se organizaram e hoje tradicionalizaram o Bumba meu Boi. As mulheres não participam diretamente da festa do Bumba meu Boi, porém, elas assistem, e algumas vezes ajudam na organização. Em agosto de 2012, o bumba meu boi foi reconhecido como manifestação cultural do Brasil pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), recebendo a certificação do título de Patrimônio Cultural do Brasil. Sendo assim, o Nordeste há cada dia mostra que é uma região de várias tendências culturais e místicas que mostrar o valor e a riqueza que a arte e a cultura tem dentro do folclore Nordestino e Brasileiro. 











<img alt='a arte e a cultura popular do nordeste brasileiro ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='bumba-meu-boi '/>



O BUMBA MEU BOI É UMA TRADIÇÃO DA CULTURA DO NORDESTE BRASILEIRO DESDE O SÉCULO XVlll





      Se é uma coisa que o Nordeste tem, é um povo alegre, uma comida ótima e um folclore extremamente rico. Esse estado se destaca por sua culinária, seu povo e sua cultura diversificada. O folclore do estado do Piauí, é rico em causos, folguedos, costumes e tradições. Seu folclore e suas festas são marcos que foram introduzidos na sua história. O bumba meu boi é um dos folclores piauienses que mais se destaca no cenário nacional; dança originária do ciclo do gado que satiriza a relação desigual entre escravos e fazendeiros desde o século XVlll. 


<img alt='cultura-do-nordeste-do-brasil ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='bumba-meu-boi '/>



     Essa dança tem no ritual uma coreografia própria feita pelos escravos, com a introdução do figurino de tecido brilhoso e chapéu coberto de espelhos enfeitados com franjas. A melodia tem ritmo próprio e diferenciado, acompanhado de instrumentos como o bombo, apito, maracá e outros. A festa do Bumba Meu Boi constitui uma espécie de ópera popular. O boi é a principal figura da representação. Ele é feito de uma estrutura de madeira em forma de touro, coberta por um tecido bordado ou pintado. Nessa estrutura, prende-se uma saia colorida, para esconder a pessoa que fica dentro, que é chamada de “miolo do boi”. 


<img alt='cultura-nordestina ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='bumba-meu-boi '/>



      As veze, há também as burrinhas, feitas de madeiras semelhante ao boi, porém em tamanhos reduzidos e que ficam penduradas por tiras, como suspensórios, nos ombros dos brincantes. Seja bumba meu boi, seja reisado ou mesmo quadrilhas juninas, as manifestações culturais, agradam o público em qualquer época. Os grupos teatrais do Piauí e de outros estados Nordestino mesclam dança, música e teatro em uma mesma apresentação. Geralmente as brincadeiras de Bumba meu Boi acontece de fronte à casa de quem convidou o grupo, e que patrocinará a festa. As variações de uma região para outra, geralmente seguem uma ordem. Primeiro, canta-se uma toada inicial, que serve para juntar e organizar o grupo, antes de ir para a casa. 


<img alt='cultura-brasileira ' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='cultura-do-nordeste '/>



      Em seguida entoa-se o lá vai, uma canção para avisar ao dono da casa e a todos que ali estão, que o boi deu a partida. Depois dessa introdução, vem a licença, em que o boi e o grupo se apresentam, entoando louvores a santos, a personalidades e a vários temas. Apesar do seu primeiro registro ter sido no estado de Pernambuco, o bumba meu boi é mais valorizado no Piauí e Maranhão. As controvérsias de toda a história que envolve o bumba meu boi, remete a história de três estados do Nordeste brasileiro, essa história é muito rica culturalmente, mas vemos que independentemente seja aonde ele tenha nascido, ele sempre é bem representado em todos os estados do Nordeste. O Piauí diz que a origem da lenda nasceu lá no século Xlll. No Maranhão os grupos se organizaram e hoje tradicionalizaram o Bumba meu Boi. As mulheres não participam diretamente da festa do Bumba meu Boi, porém, elas assistem, e algumas vezes ajudam na organização. Em agosto de 2012, o bumba meu boi foi reconhecido como manifestação cultural do Brasil pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), recebendo a certificação do título de Patrimônio Cultural do Brasil. Sendo assim, o Nordeste há cada dia mostra que é uma região de várias tendências culturais e místicas que mostrar o valor e a riqueza que a arte e a cultura tem dentro do folclore Nordestino e Brasileiro. 











10 maio, 2019

DESCUBRA OS SEGREDOS DE ARACATI ESSE MUNICÍPIO CEARENSE QUE ENCANTA O MUNDO ATRAVÉS DE SEUS PONTOS TURÍSTICOS

<img src=“canoa-quebrada” aracati” alt=“a-arte-de-newton-avelino”>






CIDADE HISTÓRICA E DOS BONS VENTOS QUE FAZ PARTE DA REGIÃO DO JAGUARIBE E QUE ENCANTA A TODOS 





O Ceará é um estado do Nordeste brasileiro, onde a gente pode encontrar muitas riquezas naturais, muitas belezas naturais, visuais deslumbrantes, indústria pesqueira, indústrias de calçados e roupas e também uma infinidade de artes e artistas, de todos os seguimentos. Esse estado está localizado no norte da Região Nordeste do Brasil. Sua capital é a cidade de Fortaleza. No estado do Ceará, você encontrará uma agricultura forte e diversificada, lá se produz: milho, feijão, arroz, algodão, cana de açúcar, mandioca, mamona, tomate, laranja e coco da Bahia. 



<img src=“canoa-quebrada” title=“cidade-de-aracati” alt=“turismo-brasileiro”>



      Também existe mineração e Pecuária. Mas hoje escolhemos falar de uma cidade desse estado que fica a 150 km da capital. Vamos falar da cidade de Aracati, que é um polo de turismo e que, durante todo o ano, recebe turistas nacionais e internacionais, gerando assim, emprego e reda para o nativos dessa região, e impulsionando uma das riquezas que o Nordeste tem, que é o turismo.  Essa cidade é um município histórico desse estado, localizado na região do Jaguaribe, fazendo fronteira com o estado do Rio Grande do Norte. Aracati é um dos municípios mais importantes do estado, graças ao seu rico patrimônio arquitetônico, declarado no ano de 2000, ele se tornou Patrimônio Histórico Artístico Nacional. A igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, é um dos seus monumentos mais importantes dessa cidade,  datada de 1785, a Igreja Nosso Senhor do Bonfim, de 1774, antiga catedral da cidade, e também o sobrado do Barão de Aracati, que hoje, funciona como o Museu Jaguaribano, um local que conta ao visitante sobre o tempo áureo desta terra tão distinta. Seu principal atrativo é o turismo, pois tem um extenso litoral repleto de lindas praias, frequentadas por turistas do mundo todo. Canoa Quebrada e Majorlandia são as provas vivas que nesse município, às praias são belas, e que, serviriam como pano de fundo paradisíaco para filmes de hollywood. Esse município se estende por 1 247,3 km² e que tinha mais ou menos 69 150 habitantes no último censo. Sua densidade demográfica é de 55,4 habitantes por km² no território do município. Situado a 12 metros de altitude, tem como municípios vizinhos: Fortim, Icapuí e Itaiçaba, Aracati se situa a 48 km ao Norte-Leste do município de Russas. A fundação de Aracati teve inicio com o funcionamente das oficinas ou Charqueadas do Ceará, que foram responsáveis por possibilitar a competitividade da pecuária no Estado, tendo em vista os privilégios da Zona da Mata do estado de Pernambuco, com a cultura canavieira. O abate e a conservação da carne, através do charque, foi o principal responsável pela ocupação e desenvolvimento das terras do Ceará. Por volta de 1740 já existiam oficinas em Aracati, que se chamava Arraial de São José dos Barcos, depois elevada à categoria de Vila, com o nome de Santa Cruz do Aracati, hoje cidade de Aracati. 


<img src=“praia-de-canoa-quebrada” title=“cidade-de-aracati” alt=“turismo-no-nordeste-do-brasil”>


      Ela foi uma das primeiras capitais do Ceará. Colonizada em 1603, começou a se oficializar como vila por volta de 1680. A primeira igreja construída na cidade, a Nossa Senhora do Rosário, a Matriz, data de 1700  palco da principal celebração do revezamento na manhã desta terça-feira . Logo em seguida foram construídas as outras quatro igrejas, preservadas até hoje: São Rosário dos Pretos, Bom Jesus dos Navegantes, Senhor do Bonfim e Nossa Senhora dos Prazeres. Hoje, Aracati se tornou uma cidade turística dentro do turismo brasileiro. 


<img src=“açudes-do-ceara” title=“galinha-choca-do-cedro” alt=“a-arte-de-newton-avelino”>



      Quem vem a essa cidade pode usufruir de suas belezas naturais e pode se surpreender com toda sua beleza. Além das praias de Canoa Quebrada e Majorlandia, você também pode visitar o Casario Colonial de Aracati, que é o centro histórico da cidade e fica a 13 km da praia de Canoa Quebrada. Você encontrará construções do século XVlll e XlX. No local há o prédio da antiga prisão municipal, que atualmente é a Câmara dos Vereadores e as igrejas Nossa Senhora do Rosário, edificada em 1785, a igreja do Senhor do Bonfim construída em 1774. Você vai ter o prazer de passear pelo calçadão Broadway onde vai encontrar restaurantes, bares e boates. Nesse  calçadão existe um grande movimento à noite, de gente inteligente e interessante para fazer novas amizades, onde as pessoas, vão lá, para dançar e se divertirem, mas para quem quer mais tranquilidade, deve ir durante o dia e comer nos restaurantes, para conhecer a culinária local, geralmente, a base de peixes e mariscos. Se você gosta de fazer compras em suas viagens, você vai gostar de visitar a vila de Majorlândia, onde encontrará o mais lindo e rico artesanato cearense. Então não deixe de conhecer o estado do Ceará, e procure conhecer a cidade de Aracati. Procure um guia turístico credenciado para você não ter dor de cabeça na sua viagens. 



<img src=“canoa-quebrada” aracati” alt=“a-arte-de-newton-avelino”>






CIDADE HISTÓRICA E DOS BONS VENTOS QUE FAZ PARTE DA REGIÃO DO JAGUARIBE E QUE ENCANTA A TODOS 





O Ceará é um estado do Nordeste brasileiro, onde a gente pode encontrar muitas riquezas naturais, muitas belezas naturais, visuais deslumbrantes, indústria pesqueira, indústrias de calçados e roupas e também uma infinidade de artes e artistas, de todos os seguimentos. Esse estado está localizado no norte da Região Nordeste do Brasil. Sua capital é a cidade de Fortaleza. No estado do Ceará, você encontrará uma agricultura forte e diversificada, lá se produz: milho, feijão, arroz, algodão, cana de açúcar, mandioca, mamona, tomate, laranja e coco da Bahia. 



<img src=“canoa-quebrada” title=“cidade-de-aracati” alt=“turismo-brasileiro”>



      Também existe mineração e Pecuária. Mas hoje escolhemos falar de uma cidade desse estado que fica a 150 km da capital. Vamos falar da cidade de Aracati, que é um polo de turismo e que, durante todo o ano, recebe turistas nacionais e internacionais, gerando assim, emprego e reda para o nativos dessa região, e impulsionando uma das riquezas que o Nordeste tem, que é o turismo.  Essa cidade é um município histórico desse estado, localizado na região do Jaguaribe, fazendo fronteira com o estado do Rio Grande do Norte. Aracati é um dos municípios mais importantes do estado, graças ao seu rico patrimônio arquitetônico, declarado no ano de 2000, ele se tornou Patrimônio Histórico Artístico Nacional. A igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, é um dos seus monumentos mais importantes dessa cidade,  datada de 1785, a Igreja Nosso Senhor do Bonfim, de 1774, antiga catedral da cidade, e também o sobrado do Barão de Aracati, que hoje, funciona como o Museu Jaguaribano, um local que conta ao visitante sobre o tempo áureo desta terra tão distinta. Seu principal atrativo é o turismo, pois tem um extenso litoral repleto de lindas praias, frequentadas por turistas do mundo todo. Canoa Quebrada e Majorlandia são as provas vivas que nesse município, às praias são belas, e que, serviriam como pano de fundo paradisíaco para filmes de hollywood. Esse município se estende por 1 247,3 km² e que tinha mais ou menos 69 150 habitantes no último censo. Sua densidade demográfica é de 55,4 habitantes por km² no território do município. Situado a 12 metros de altitude, tem como municípios vizinhos: Fortim, Icapuí e Itaiçaba, Aracati se situa a 48 km ao Norte-Leste do município de Russas. A fundação de Aracati teve inicio com o funcionamente das oficinas ou Charqueadas do Ceará, que foram responsáveis por possibilitar a competitividade da pecuária no Estado, tendo em vista os privilégios da Zona da Mata do estado de Pernambuco, com a cultura canavieira. O abate e a conservação da carne, através do charque, foi o principal responsável pela ocupação e desenvolvimento das terras do Ceará. Por volta de 1740 já existiam oficinas em Aracati, que se chamava Arraial de São José dos Barcos, depois elevada à categoria de Vila, com o nome de Santa Cruz do Aracati, hoje cidade de Aracati. 


<img src=“praia-de-canoa-quebrada” title=“cidade-de-aracati” alt=“turismo-no-nordeste-do-brasil”>


      Ela foi uma das primeiras capitais do Ceará. Colonizada em 1603, começou a se oficializar como vila por volta de 1680. A primeira igreja construída na cidade, a Nossa Senhora do Rosário, a Matriz, data de 1700  palco da principal celebração do revezamento na manhã desta terça-feira . Logo em seguida foram construídas as outras quatro igrejas, preservadas até hoje: São Rosário dos Pretos, Bom Jesus dos Navegantes, Senhor do Bonfim e Nossa Senhora dos Prazeres. Hoje, Aracati se tornou uma cidade turística dentro do turismo brasileiro. 


<img src=“açudes-do-ceara” title=“galinha-choca-do-cedro” alt=“a-arte-de-newton-avelino”>



      Quem vem a essa cidade pode usufruir de suas belezas naturais e pode se surpreender com toda sua beleza. Além das praias de Canoa Quebrada e Majorlandia, você também pode visitar o Casario Colonial de Aracati, que é o centro histórico da cidade e fica a 13 km da praia de Canoa Quebrada. Você encontrará construções do século XVlll e XlX. No local há o prédio da antiga prisão municipal, que atualmente é a Câmara dos Vereadores e as igrejas Nossa Senhora do Rosário, edificada em 1785, a igreja do Senhor do Bonfim construída em 1774. Você vai ter o prazer de passear pelo calçadão Broadway onde vai encontrar restaurantes, bares e boates. Nesse  calçadão existe um grande movimento à noite, de gente inteligente e interessante para fazer novas amizades, onde as pessoas, vão lá, para dançar e se divertirem, mas para quem quer mais tranquilidade, deve ir durante o dia e comer nos restaurantes, para conhecer a culinária local, geralmente, a base de peixes e mariscos. Se você gosta de fazer compras em suas viagens, você vai gostar de visitar a vila de Majorlândia, onde encontrará o mais lindo e rico artesanato cearense. Então não deixe de conhecer o estado do Ceará, e procure conhecer a cidade de Aracati. Procure um guia turístico credenciado para você não ter dor de cabeça na sua viagens. 



LAGOA PIAUIENSE A SÉTIMA MARAVILHA DO PIAUÍ QUE MOSTRA TODA SUA BELEZA E TODA SUA EXUBERÂNCIA AOS NATIVO E AO TURISMO DO NORDESTE DO BRASIL

<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>







LAGOA DO CAJUEIRO PONTO EXÓTICO E TURÍSTICO DO MEIO MEIO NORTE DO NORDESTE BRASILEIRO




      Quando falamos da região Nordeste do Brasil, a gente já associa essa região, ao turismo brasileiro, e isso é natural, pois nessa região, existem belezas naturais que Deus fez e deixou para os Nordestinos e para todas aquelas pessoas que, vem para essa região, para admira-las. Pois bem, dentre os nove estados dessa região brasileira, todos os estados, sem exceção de nenhum, todos são banhados pelo oceano atlântico, e isso faz desse lugar, o "caribe brasileiro". Não é de agora, que essa região, é bonita por natureza, ela traz no seu dna, toda beleza brasileira, e isso talvez, leve a muita gente, a ter preconceitos com essa região, mas depois que essas pessoas  conhecem esse lugar, se apaixonam e não querem mais ir embora. 


<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>



      Pois isso aqui, é prazeroso, tem vistas exuberantes, tem um clima maravilhoso, tem um terreno, magnifico, tem lugares encantadores, tem uma culinária que é um manjar, tem uma hotelaria eficiente e tem uma logística muito excepcional. Então, tudo isso, faz do Nordeste brasileiro , um paraíso para os turistas. Dentro dessa região, você encontrará quatro sub-regiões, que são: meio-norte, zona da mata, agreste e sertão. 


<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>



      Em cada uma delas, você encontrará aconchego, boa culinária, visuais magníficos, preços bons e dias encantadores. Dentre tantos destinos bons para você conhecer, mas também, tem alguns destinos que, são maravilhosos, visuais exuberantes, mas ainda em alguns lugares, por falta de infraestrutura, não encontramos apoio de uma boa logística, nem uma hotelaria eficiente, e tudo isso porque são lugares isolados de grandes centros urbanos, e isso é até compreensível.  Hoje vamos falar da lagoa do Cajueiro. Ela está localizada em Luzilândia e no município de Joaquim Pires no estado do Piauí. Essa lagoa é considerada a setíma maravilha do estado.  A lagoa do Cajueiro é uma dessas lagoas que, tem um visual exuberante, que faz desse lugar, um lugar agradável e muito prazeroso para de está nesse lugar.  É umas das maiores lagoas do Piauí e possui uma área total de 17 km², dos quais 10,38 km²  pertencem ao município de Joaquim Pires. Ela fica a mais ou menos 15 km de Luzilândia outro ponto da lagoa do cajueiro é a guarita popularmente conhecida pelos moradores da região. Onde dispõe de um local amplo de lazer e uma área para realização de festas. Os micros empresários sempre investem na realização de festas para aumentar os seus lucros. Você pode encontrar um cardápio local a base de camarão, comidas típicas e bebidas. 


   
   
<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>




      Esse é o tipo de lugar para quem está procurando sossego, o eco-turismo e tranquilidade, pois essa lagoa fica em uma região distante dos grandes centros, pois os frequentadores assíduos são nativos dessa região, e também turistas. A distância entre Luzilândia e Teresina, a capital do estado do Piauí, são: 250 km uma viagem de 3:52 em carro. Como chegar a Luzilândia saindo de Teresina, é pela PI 113.
















<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>







LAGOA DO CAJUEIRO PONTO EXÓTICO E TURÍSTICO DO MEIO MEIO NORTE DO NORDESTE BRASILEIRO




      Quando falamos da região Nordeste do Brasil, a gente já associa essa região, ao turismo brasileiro, e isso é natural, pois nessa região, existem belezas naturais que Deus fez e deixou para os Nordestinos e para todas aquelas pessoas que, vem para essa região, para admira-las. Pois bem, dentre os nove estados dessa região brasileira, todos os estados, sem exceção de nenhum, todos são banhados pelo oceano atlântico, e isso faz desse lugar, o "caribe brasileiro". Não é de agora, que essa região, é bonita por natureza, ela traz no seu dna, toda beleza brasileira, e isso talvez, leve a muita gente, a ter preconceitos com essa região, mas depois que essas pessoas  conhecem esse lugar, se apaixonam e não querem mais ir embora. 


<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>



      Pois isso aqui, é prazeroso, tem vistas exuberantes, tem um clima maravilhoso, tem um terreno, magnifico, tem lugares encantadores, tem uma culinária que é um manjar, tem uma hotelaria eficiente e tem uma logística muito excepcional. Então, tudo isso, faz do Nordeste brasileiro , um paraíso para os turistas. Dentro dessa região, você encontrará quatro sub-regiões, que são: meio-norte, zona da mata, agreste e sertão. 


<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>



      Em cada uma delas, você encontrará aconchego, boa culinária, visuais magníficos, preços bons e dias encantadores. Dentre tantos destinos bons para você conhecer, mas também, tem alguns destinos que, são maravilhosos, visuais exuberantes, mas ainda em alguns lugares, por falta de infraestrutura, não encontramos apoio de uma boa logística, nem uma hotelaria eficiente, e tudo isso porque são lugares isolados de grandes centros urbanos, e isso é até compreensível.  Hoje vamos falar da lagoa do Cajueiro. Ela está localizada em Luzilândia e no município de Joaquim Pires no estado do Piauí. Essa lagoa é considerada a setíma maravilha do estado.  A lagoa do Cajueiro é uma dessas lagoas que, tem um visual exuberante, que faz desse lugar, um lugar agradável e muito prazeroso para de está nesse lugar.  É umas das maiores lagoas do Piauí e possui uma área total de 17 km², dos quais 10,38 km²  pertencem ao município de Joaquim Pires. Ela fica a mais ou menos 15 km de Luzilândia outro ponto da lagoa do cajueiro é a guarita popularmente conhecida pelos moradores da região. Onde dispõe de um local amplo de lazer e uma área para realização de festas. Os micros empresários sempre investem na realização de festas para aumentar os seus lucros. Você pode encontrar um cardápio local a base de camarão, comidas típicas e bebidas. 


   
   
<img src=“lagoa-do-cajueiro” luzilandia-joaquim-pires” alt=“turismo-do-nordeste-brasileiro”>




      Esse é o tipo de lugar para quem está procurando sossego, o eco-turismo e tranquilidade, pois essa lagoa fica em uma região distante dos grandes centros, pois os frequentadores assíduos são nativos dessa região, e também turistas. A distância entre Luzilândia e Teresina, a capital do estado do Piauí, são: 250 km uma viagem de 3:52 em carro. Como chegar a Luzilândia saindo de Teresina, é pela PI 113.