A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: PAU DE SEBO PAU DE SEBOA ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

NEWTON AVELINO

Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

01 julho, 2013

A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro , PAU DE SEBO , CULTURA POPULAR ,

PAU DE SEBO

                                                    
                             Fonte da imagem:Campinafm            
                             


                             TRADIÇÃO E COSTUME

           

        O pau de sebo é muito conhecido nas festas de são joão no nordeste. É uma forma popular de diversão. É um tronco de pelo menos cinco metros ele é preparado para ficar liso sem nódulos e são minuciosamente revestido com bastante sebo bovino.

           

        Na maioria das vezes eles tem um sino, ou um prêmio para que alcançar o topo. Não é aceito o competidor utilizar de algum objeto especial para fazer a escalada.

           

         O competidor tem que subir só a sua força de vontade de ganhar. Em algumas festas de pau de sebo eles permitem que os competidores coloquem cinzas nas mãos, mesmo assim o competidor não consegue subir até o topo do pau de sebo.

           

          Esse tipo de folguedo sempre é apreciado na época de são joão. porque é uma prova dificultosa e que todos torce para que o competidor chegue no alto e consiga pegar o prêmio. Esse tipo de prova o competidor fica todo melecado de sebo.
           

          Por outro lado eles não se desanimam não, eles querem é competir e ganhar o prêmio. O esforço que você faz para completar esse tipo de prova é muito, mas a festa é um combustível a mais para essas pessoas que estão competindo no pau de sebo, por isso é que ela é tradição no são joão nordestino.
         














                             
 



Nenhum comentário: