BIOGÁS NA CAATINGA – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: BIOGÁS NA CAATINGABlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: BIOGÁS NA CAATINGA A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: BIOGÁS NA CAATINGABlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: BIOGÁS NA CAATINGABlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

03 novembro, 2015

BIOGÁS NA CAATINGA

                                                Fonte da imagem: cassinhomorais
                               
                            

                              BIODIGESTOR

    


           Nessa região linda chamada de Nordeste, como diz o poeta, tendo água, tudo que se planta dá. Portanto a mesma frase poderá acrescentar: O Nordeste tendo tecnologia barateada, tudo pode ser extremamente “Surpreendente”.  Aqui nessa terra bela e abençoada por Deus, tudo é exageradamente lindo e satisfatório. Vamos falar da transformação do esterco de gado em gás, ou seja, “o biogás”. 

      

        Esse combustível nas cozinhas dos sertanejos a custo mínimo, isso se torna uma “maravilha”. Está tendo uma grande repercussão o biodigestor sertanejo, uma tecnologia de convivência com o semiárido, que transforma a produção de gás de cozinha a partir do esterco de gado. Essa tecnologia vai permitir algumas famílias de agricultores sertanejos a serem beneficiadas. 

      

        Essa tecnologia vai reduzir bastante o consumo de lenha e de gás mineral (gás de cozinha), em todo o semiárido, isso se os projetos de financiamento dessa tecnologia sair do papel. A experiência de alguns municípios que já aderiram a essa tecnologia, é de que, a caatinga um bioma exclusivamente Brasileiro está começando a ser preservado nessas regiões a onde esse projeto foi executado em prol das cozinhas desses trabalhadores rurais nordestinos. 

     

        O gás é transformado do biodigestor, que fica nos fundos da casa, e que segue através de um cano embutido para cozinha. Como o biogás a pressão é menor do que o GLP, é preciso adaptações de alguns itens como por exemplo fazer um furo maior para aumentar o orifício do injetor, só assim a intensidade da chama vai ficar maior, isso são os técnicos agrícolas que falam. 

    O custo de um biodigestor fica aproximadamente próximo de dois mil reais, já incluindo mão de obra. Seria muito importante que as prefeituras dessas pequenas cidades do semiárido, investissem nesse magnifico projeto do biodigestor, para beneficiar essa famílias de baixa renda. 

    Principalmente aqueles agricultores que já foram beneficiados com as cisternas. Isso seria bom para a prefeitura porque ia reduzir o índice de poluentes pela queima de madeiras da caatinga, também seria bom para o agricultor porque ia baixar os custos deles, aproveitando o esterco do seu gado e transformando em gás de cozinha. Sendo assim, ia ser bom para todos.






Nenhum comentário: