MUDANDO A PAISAGEM – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: MUDANDO A PAISAGEM Blog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: MUDANDO A PAISAGEM A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: MUDANDO A PAISAGEM Blog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: MUDANDO A PAISAGEM Blog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

19 março, 2016

MUDANDO A PAISAGEM

MUDANDO A PAISAGEM | Fonte da imagem: peixegordonews
Fonte da imagem: peixegordonews





PARQUE EÓLICO NO NORDESTINO





      
         O Brasil em menos de 10 anos passou de um país que não investia em energia limpa, para se tronar o 10º maior produtor do mundo. A região protagonista desse grande salto de evolução em energia limpa, é a região nordeste do Brasil. Em 2006, a geração desse tipo de energia gerada a partir do vento, era muito pequena. Desde 2002 com o lançamento de incentivos à fonte de energia renováveis por parte do governo federal, isso começou ganhar mais força nessa área. 





      Já em 2009, esse foi o ano que começou aparecer leilões para fornecimentos desse tipo de energia no sertão e no litoral do nordeste brasileiro. O nordeste brasileiro responde por 75% da energia eólica do Brasil. A região do Nordeste é muito boa porque a velocidade do vento é bem superior e necessária para geração de energia. O vento dessa região é unidirecional e estável, sem rajadas. Isso significa que a energia é produzida o tempo todo. Esse tipo de vento que vem do atlântico, chega no Brasil e mais três outros países: Venezuela, Etiópia e a Somália. 





      O estado do Ceará é um dos maiores produtores de energia eólica do Brasil, ele só perde para o estado do Rio Grande do Norte. Os geradores eólicos podem ser utilizados até mesmo com baterias, em locais onde não há rede de transmissão. Esses moinhos de vento, mudaram bastante a paisagem do litoral e do sertão nordestino, como também a vida das pessoas que moram nessas áreas, pois eles geram emprego e renda para essa população que está mais próxima deles. 





      A gente sabe que a energia gerada através dos ventos é muito antiga. O vento já era empregado para mover barcos à vela de pano, isso já em 3.50 a.C. Em terra, os primeiros moinhos de vento, talvez tenham aparecidos na Pérsia por volta de 700 d. C. Suas pás giravam no sentido horizontal e eram conectadas diretamente a pedras de moenda que trituravam grãos. Eles também usavam a força dos ventos para irrigar terras áridas e drenar as terras alagadas. Sendo assim, vemos que a energia limpa e renovável é aproveitada desde antes de Cristo. 





      Aqui no Brasil só agora com incentivos do governo federal foi possível esses investimentos na área de energia renovável. O certo é que a paisagem do litoral do Nordeste Brasileiro vem mudando a cada dia. Diga-se de passagem que essa é que é a energia de se usar. Precisamos investir mais nas placas solares para captação de energia através do sol, também energia renovável. Como ver, o Nordeste do Brasil é um celeiro em muitas coisas até em energia renovável. Esses moinhos altos e imponentes na paisagem da caatinga, é de mudar os conceitos dessa terra, pois aqui se produz e muito, é só ter investimentos a médio, e longo prazo, pois gera emprego e renda para todos daqui e ainda embeleza a paisagem. Nordeste do Brasil uma terra de gente forte.

Nenhum comentário: