. 06/08/17Blog de Arte e Cultura | Assuntos do Nordeste

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato
Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

8 de jun de 2017

À ESPERA DE UM SONHO

LUGARES REMOTOS DO SERTÃO | Fonte da imagem: descomplica












LUGARES REMOTOS DO SERTÃO








      Com um Brasil sem rumos e com a uma grande instabilidade econômica atual, vemos que nem na cidade e principalmente no interior, temos perspectivas de crescimento. Enquanto muitos políticos só aparecem nos mais longínquos lugares do sertão de 4 em 4 anos, para pedirem votos, vemos um sertão devastado pela miséria, fome, sede e por falta de assistência por falta desses governos que passam e não conseguem encontrar uma solução definitiva para solucionar esses problemas tão desumanos. 






      Apesar do Nordeste brasileiro ter sido beneficiado com a transposição do rio São Francisco, pelos governos de Lula e Dilma, diga-se de passagem, foi um dos maiores benefícios feito a essa região, mas que em muitos lugares, ainda não existe água, e por isso, muita gente pobre ainda está sofrendo com a falta de tudo. O cenário do sertão nordestino é tenebroso, o que dá a impressão é que, isso, parece ser um tipo de comércio. 






      A solução para acabar com a seca existe, eu só acho que falta de interesse por parte de muitos. Esse cenário de açudes secos, plantações devastadas, casas abandonadas, famílias passando fome e muitos abaixo da linha de miséria, muitas carcaças de animais, seca, fome e desemprego, tudo isso deveria tocar no coração dos políticos, mas infelizmente não vejo isso. Não vou entrar aqui na questão política do Brasil, porque isso não é o foco do blog, porém não sou cego, e muito menos a população brasileira. É só ver o tenebroso cenário político brasileiro. Bem, mas vamos voltar para o assunto da seca. 






      A escassez de chuvas, que já dura muito tempo, isso se torna desolador é um dos piores cenários dos últimos 50 anos. Eu considero o maior responsável por todo esse cenário de catástrofe anunciada, o poder público. O resto é só falácia. Esse cenário tenebroso da seca no sertão a dentro, é de descaso, abandono e dor. As gestões municipais desconsideram estudos, previsões, diagnósticos. Resultados de pesquisas cientificas com indicadores de ciclos climáticos servem mais para justificar a captação de recursos para elaboração de projetos e programas que não saem do papel, do que para ações reais de prevenção e cuidado com a vida. 






      As principais causas da seca no Nordeste brasileiro são provocadas por fenômenos naturais. Essa região fica localizada numa área em que as chuvas ocorrem poucas vezes durante o ano. Esta área recebe pouca influência de massas de ar úmidas e frias, vindas do sul. Logo, permanece durante muito tempo, no sertão nordestino, uma massa de ar quente e seca, não gera precipitações pluviométricas. O desmatamento da zona da mata também contribui para o aumento da temperatura na região do sertão nordestino. 






      No próximo ano, talvez o Nordeste brasileiro entre no sétimo ano de secas consecutivas, esse fato é um fato inédito nos últimos 100 anos. Isso começou lá em 2012, já impacta todos os estados nordestinos e está relacionada tanto a fatores climáticos quanto aos efeitos do agronegócio. A última grande seca prolongada na região ocorreu entre os anos de 1979 a 1983. As chuvas que caíram no sertão nordestino esse ano, não teve muita influência no contexto de encher grandes reservatórios dessa região. Talvez tenha enchido pequenos reservatórios e alguns outros médios, isso aonde choveu. 






      Também não quer dizer que foi em toda região, negativo, muitas partes das sub-regiões nordestinas ainda necessitam e muito, desse líquido precioso, a água. Como a região é uma das maiores do Brasil, as vezes boas chuvas no agreste acontece, pois, o agreste é muito próximo do litoral, então sempre está chovendo aquelas chuvas de verão, isso não quer dizer que em muitas partes do sertão nordestino esteja chovendo. Porque elas as vezes não conseguem chegar ao sertão. Algumas regiões já enfrentam a seca excepcional, utilizada para classificar a situação emergencial em que há perdas de plantação e escassez de água em reservatórios, córregos e poços. 






      Segundo alguns dados da Confederação Nacional dos Municípios, 33,4 milhões de pessoas já foram afetadas. Entre 2013 e 2015, a estiagem causou um prejuízo de r$ 103,5 bilhões, na região nordestina. Então vemos que, depois de décadas de secas implacáveis no sertão e em todo o nordeste brasileiro, e recentemente mais seis anos de secas interruptas, nessa região, a gente chega a uma só conclusão, que na verdade, os gestores tiveram bastante tempo para erradicar esse problema das secas, mas que na verdade, parece que virou um comércio. Infelizmente o Brasil caminha assim. O paliativo é mais fácil do que a erradicação do problema. E assim caminha a humanidade
















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...