A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: 06/23/19Blog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: 06/23/19Blog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: 06/23/19Blog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

23 junho, 2019

SÃO JOÃO MES DE FESTAS NO NORDESTE DO BRASIL TRADIÇÃO REGIONAL DA CULTURA DO NORDESTE

<img alt='sao-joao-nordestino' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro'/>





FESTEJOS JUNINOS: QUADRILHAS JUNINAS, BRINCADEIRAS JUNINAS, SIMPATIAS JUNINAS, TRADIÇÃO E CULTURA NORDESTINA DENTRO DO SÃO JOÃO BRASILEIRO HOMENAGEANDO OS SANTOS JUNINOS.







      Na época junina, no Nordeste brasileiro, existe muita celebração, animação e muita devoção, nessa região do Brasil.  O mês junino, é celebrado em todas as regiões do Brasil, mas na região nordestina, isso é muito mais celebrado; é uma marca da região. Nesse mês, os santos da igreja católica são festejados, e são reverenciados com muita tradição e muita fé. 



<img alt='os-santos-juninos' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro'/>



     Podemos dizer que, as simpatias feitas pelos sertanejos e por todos os Nordestinos ou quase todos, é uma coisa cultural desdes o Brasil colônia. Essa tradição foi introduzida no Brasil na época do Brasil colônia, pelos padres Jesuítas. O primeiro santo da igreja católica a ser celebrado no mês de junho é, Santo Antônio de Pádua, que é festejado no dia 13 de junho, o segundo é São João Batista, que é celebrado no dia 24 de junho, e o terceiro é São Pedro, no dia 29 de Junho. Muitas histórias relatam que, as pessoas, que fazem simpatia para obterem milagres nos dias celebrados para  cada um dele, dizem que elas são beneficiadas. As lendas existem, e dentro das festas juninas, elas são introduzidas já, há séculos, e o folclore também, sabemos que as festas juninas são a cara do Nordeste do Brasil e que, essa festa, faz parte da cultura nordestina, e da vida da sociedade local. As tradições fazem parte das comemorações. O mês de junho, é marcado pelas fogueiras, que servem como centro para a famosa dança de quadrilhas. 


<img alt='pau-de-sebo' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro'/>



     Os balões também compõem este cenário, embora cada vez mais raros em função das leis que proíbem esta prática, em função dos riscos de incêndio que representam. Podemos dizer que, essa festa, é uma das mais comemoradas pelo o povo do Nordeste do Brasil. A festa junina é um sucesso dentro dessa região. Todos os anos, a tendência é aumentar o número de pessoas que prestigiam essa festa. Sempre é lindo e colorido ver, à noite de São João com seus fogos de artifícios, e bandeirolas tremulando ao ar, as fogueiras queimando no terreiro dessas festas. 



<img alt='bandeirinhas de sao joao' src='www.aartedenewtonavelino.com ' title='A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro'/>


      Você vai encontrar comidas típicas a base de milho: como pamonha, milho cozido, canjica, milho assado, bolo de milho, e muito forró. As quadrilhas juninas, animam o local da festa, ao som de muito forró, e de muita animação. No Nordeste, ainda é muito comum a formação dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas, uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas pelos festeiros. Nessa época junina, no Nordeste do Brasil, você percebe as barraquinhas espalhadas por todos os estados e por todas as cidades dessa região, com fogos de artifício e com roupas tradicionais para a ocasião, ou seja, roupas feitas para as tradicionais festas juninas. Isso é uma prática em toda cidade nordestina. A cultura do Nordeste, tem dessas coisas, o jeito bom e verdadeiro de fazer cultura de raiz. É muito engraçado os fogos que eram feitos no século passado, mas eram fogos que supriam as necessidades dos brincantes juninos, tais como: cobrinha, traque, chuvinha, traque de massa, vulcão, rojão de 12 e 3 tiros, bomba, foguetinho e outros. O São João é uma época onde as pessoas se confraternizam entre elas e se unem para celebrarem essa época tão festiva no Nordeste brasileiro. A cultura do Nordeste, ela é riquíssima, e mostra para o mundo, que essa região, é o celeiro da cultura brasileira.