FESTA JUNINA – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: FESTA JUNINABlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: FESTA JUNINA A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: FESTA JUNINABlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: FESTA JUNINABlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

10 maio, 2014

FESTA JUNINA

                      
                                                                       
                                                            Fonte da imagem: jornalportaldosertão
                               

                                   






                                  



                                               
                                            TRADICIONAIS FESTEJOS







         As festas juninas no Nordeste começam em certas cidades dias antes das datas oficiais, como as cidades de Caruaru, e Campina Grande.  O mês de Junho é o mês de São João, Santo Antônio e São Pedro. Alguns historiadores falam que o nome Joanina veio dos países europeus católicos no século IV.

  




       Essa festa veio trazida pelos portugueses, logo foi incorporada aos costumes dos povos indígenas e negros. Chegando ao Brasil, logo foi modificado para Junina. Nessa época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio à dança marcada, já as tradições de foguetórios veio da China, de Portugal veio às danças de fitas.

   
    



    Para os católicos, a fogueira que é o maior símbolo dessa festa, tem as suas raízes em um trato feito entre as primas Izabel e Maria. Esse trato aconteceu para avisar a Maria sobre o nascimento de São João Batista e assim ter seu auxilio pós parto. As tradições fazem parte das comemorações. O mês de Junho é marcado por fogueiras, por quadrilhas, por balões, por comidas típicas, e por muitos festejos e muitos foguetórios.

  




    Nesse mês, tem a colheita do milho. Grande parte dos bolos, doces e salgados relacionados às festividades, são feitos do milho. Não restam dúvidas que as festa juninas ganharam força e identidade foi no Nordeste. Os ritmos típicos dessa região como forró, xote e baião, foram incorporados a ela. Na verdade essa festa é comemorada em todo o Nordeste como uma das maiores festa dessa região. Os festejos juninos são a identidade desse estado em termos de Cultura. Venha conhecer as danças, as músicas e o folclore nordestino.


        

  

Nenhum comentário: