A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro
A CAPITAL DO FORRÓ – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A CAPITAL DO FORRÓA ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato
Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

20 novembro, 2016

A CAPITAL DO FORRÓ

CIDADE CULTURAL | Fonte da imagem: irregular






CIDADE CULTURAL







      O estado de Pernambuco é por si só, um dos estados da região Nordeste que direta e indiretamente está ligado propriamente a arte. Esse estado, podemos dizer que, respira arte todos os segundos da vida, assim como os outros oito estados dessa região, mas Pernambuco é diferenciado. Também podemos dizer que a sua capital é considerada a capital da cultura popular do Nordeste. 





       Com isso, não podemos dizer que, o Nordeste não respire cultura, pois nos outros estados, claro que respira cultura, o Ceará é um outro estado que é altamente provido de artistas e de cultura, o Maranhão, o Rio Grande do Norte, o Piauí, Sergipe, Bahia, Alagoas a Paraíba. Sabemos que todos os estados da região nordeste, respiram cultura. Todos eles são ricos culturalmente. Enfim, o Nordeste é uma região que respira cultura nos seus quatro cantos, pois ele é um celeiro de grandes artistas, que fazem parte do cenário regional, nacional e até internacional. 






       Bem, mas vamos falar aqui de uma cidade nordestina que além de ter grandes artistas, ela ainda produz cultura o ano todo. Vamos falar da cidade de Caruaru, que está situada no agreste pernambucano e que é considerada a capital do forró. Ela fica a pouco mais de 130 KM do Recife, a capital do estado de Pernambuco. O interessante é que, Caruaru fica em um ponto bem estratégico, ou seja, ela fica próximo do Recife e próximo da cidade paraibana que também é movida pela cultura regional, que é Campina Grande. 






       Essa foi criada no século XVll, sendo uma das primeiras cidades do agreste pernambucano, e a mais populosa do estado. Não preciso falar aqui, que, a feira de Caruaru foi cantada em versos e prosas pelo poeta cancioneiro popular, e que realmente, essa feira é conhecida nacionalmente e até internacionalmente. De tudo você pode encontrar nessa feira livre, digamos que seja um shopping popular a céu aberto no meio da cidade. 






       Caruaru durante o período junino, se transforma e vira um grande arraial, recebendo um grande número de turistas que pode chegar até um milhão de visitantes. Todos atrás de muita animação e querendo provar as comidas típicas da região. A programação feita nessa cidade, reúne cultura, educação e lazer, pois a cidade se enfeita com balões e muitas bandeirinhas e bastante artigos juninos durante os trinta dias do mês junino, pois nessa época, só se escuta forró. Espaços culturais e turísticos dessa cidade são: O museu da fábrica de caroá, o museu do barro “Espaço Zé Caboclo”, Museu do cordel Olegário Fernandes, Casa do Museu Mestre Vitalino, Alto do Mora e muitos outros lugares que essa cidade oferece. 






       Não é de hoje que essa cidade se destaca, tanto no São João, quanto nos dias normais das semanas que vão se passando, a cultura da cidade vai se aprimorando e vai se firmando a cada dia que passa, pois eles investem em cultura para aumentar o turismo da cidade, e também em empreendimentos e logísticas. O espaço de maior concentração e já conhecido por todos, é o pátio de eventos Luiz “Lua” Gonzaga, aonde acontece a maior parte dos grandes shows. 






        Mas existe outro espaço que também acontecem outras apresentações que é no “Alto do Moura”, que fica no espaço da feira. No período junino, os caruaruenses e os visitantes podem ter como atrações, as comidas típicas gigantes, desfiles, shows pirotécnicos, apresentações e concursos de quadrilhas matutas, bacamarteiros, xaxados, baião, apresentações de cordelistas, emboladores, bandas de pífanos e muito mais. 






       Então como vemos, essa cidade em épocas normais, é uma cidade que tem o que se ver, pois ela respira cultura popular todos os dias e em todos os momentos da vida, mas quando chega a época junina, aí ela se agiganta e você começa a ver uma cidade multicultural e linda de ser descoberta. Vindo ao Nordeste do Brasil, na época junina, venha em Caruaru, venha conhecer a capital do forró, e procure um guia turístico credenciado.



CIDADE CULTURAL | Fonte da imagem: irregular






CIDADE CULTURAL







      O estado de Pernambuco é por si só, um dos estados da região Nordeste que direta e indiretamente está ligado propriamente a arte. Esse estado, podemos dizer que, respira arte todos os segundos da vida, assim como os outros oito estados dessa região, mas Pernambuco é diferenciado. Também podemos dizer que a sua capital é considerada a capital da cultura popular do Nordeste. 





       Com isso, não podemos dizer que, o Nordeste não respire cultura, pois nos outros estados, claro que respira cultura, o Ceará é um outro estado que é altamente provido de artistas e de cultura, o Maranhão, o Rio Grande do Norte, o Piauí, Sergipe, Bahia, Alagoas a Paraíba. Sabemos que todos os estados da região nordeste, respiram cultura. Todos eles são ricos culturalmente. Enfim, o Nordeste é uma região que respira cultura nos seus quatro cantos, pois ele é um celeiro de grandes artistas, que fazem parte do cenário regional, nacional e até internacional. 






       Bem, mas vamos falar aqui de uma cidade nordestina que além de ter grandes artistas, ela ainda produz cultura o ano todo. Vamos falar da cidade de Caruaru, que está situada no agreste pernambucano e que é considerada a capital do forró. Ela fica a pouco mais de 130 KM do Recife, a capital do estado de Pernambuco. O interessante é que, Caruaru fica em um ponto bem estratégico, ou seja, ela fica próximo do Recife e próximo da cidade paraibana que também é movida pela cultura regional, que é Campina Grande. 






       Essa foi criada no século XVll, sendo uma das primeiras cidades do agreste pernambucano, e a mais populosa do estado. Não preciso falar aqui, que, a feira de Caruaru foi cantada em versos e prosas pelo poeta cancioneiro popular, e que realmente, essa feira é conhecida nacionalmente e até internacionalmente. De tudo você pode encontrar nessa feira livre, digamos que seja um shopping popular a céu aberto no meio da cidade. 






       Caruaru durante o período junino, se transforma e vira um grande arraial, recebendo um grande número de turistas que pode chegar até um milhão de visitantes. Todos atrás de muita animação e querendo provar as comidas típicas da região. A programação feita nessa cidade, reúne cultura, educação e lazer, pois a cidade se enfeita com balões e muitas bandeirinhas e bastante artigos juninos durante os trinta dias do mês junino, pois nessa época, só se escuta forró. Espaços culturais e turísticos dessa cidade são: O museu da fábrica de caroá, o museu do barro “Espaço Zé Caboclo”, Museu do cordel Olegário Fernandes, Casa do Museu Mestre Vitalino, Alto do Mora e muitos outros lugares que essa cidade oferece. 






       Não é de hoje que essa cidade se destaca, tanto no São João, quanto nos dias normais das semanas que vão se passando, a cultura da cidade vai se aprimorando e vai se firmando a cada dia que passa, pois eles investem em cultura para aumentar o turismo da cidade, e também em empreendimentos e logísticas. O espaço de maior concentração e já conhecido por todos, é o pátio de eventos Luiz “Lua” Gonzaga, aonde acontece a maior parte dos grandes shows. 






        Mas existe outro espaço que também acontecem outras apresentações que é no “Alto do Moura”, que fica no espaço da feira. No período junino, os caruaruenses e os visitantes podem ter como atrações, as comidas típicas gigantes, desfiles, shows pirotécnicos, apresentações e concursos de quadrilhas matutas, bacamarteiros, xaxados, baião, apresentações de cordelistas, emboladores, bandas de pífanos e muito mais. 






       Então como vemos, essa cidade em épocas normais, é uma cidade que tem o que se ver, pois ela respira cultura popular todos os dias e em todos os momentos da vida, mas quando chega a época junina, aí ela se agiganta e você começa a ver uma cidade multicultural e linda de ser descoberta. Vindo ao Nordeste do Brasil, na época junina, venha em Caruaru, venha conhecer a capital do forró, e procure um guia turístico credenciado.



Nenhum comentário: