ARTEFATO DO SERTÃO – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ARTEFATO DO SERTÃOBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ARTEFATO DO SERTÃO A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ARTEFATO DO SERTÃOBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: ARTEFATO DO SERTÃOBlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

19 agosto, 2014

ARTEFATO DO SERTÃO

                        
                                Fonte da imagem: saopaulominhacidade
 
                                                       NO BREU DO SERTÃO
 
   No sertão nordestino as famílias que moram em lugares muito afastado da civilização e que não tem acesso a energia elétrica, muito dessas famílias usam o candeeiro ou a lamparina como o meio alternativo para iluminar as casas e não ficarem num breu completo.
 
   O candeeiro é um artefato simples de se fazer, é por isso que o sertanejo não tinha nenhuma dificuldade em fazê-lo. Ele pode ser feito com qualquer material encontrado no cotidiano como: Latas de alumínio, garrafas de vidro, ou qualquer outro objeto que não seja inflamável, já que o produto que se usa é o querosene o "gás" como as pessoas do sertão chamam.
 
   As lamparinas ou o candeeiro precisam tem como suporte em cima das latas um pequeno zinco para ser colocado um chamusco de algodão. Dentro da lata, se coloca o querosene e é através do chamusco de algodão que chamamos de pavio, é a onde ele é embebecido com o querosene e é a onde que ele é aceso.
 
   Ele fica aceso à noite toda se for o caso, e pode crer, além de ser econômico, ele ainda deixava os cômodos das casas com claridade baixa, mais que dava para as pessoas se locomoverem para a onde fosse carregando essa peça. Esse artefato além de fazer parte da história sertaneja no nordeste brasileiro, ele foi uma peça relativamente fácil para ser feita e que também clareou por muitos anos as casas nos mais longínquos torrões desse lindo sertão.
 
   Até os anos sessenta, as pessoas utilizaram esse utensílio doméstico tanto em uma parte do agreste nordestino quanto no sertão, já que a energia era um produto de luxo para as famílias mais pobre dessa nação. Hoje ainda existem algumas pessoas no sertão que usam esse objeto, são elas que moram bem distantes da civilização e distante de tudo, dentro das terras do semiárido a onde ainda não chegou infraestrutura, e talvez ainda demore muitos anos para chegar.
 
   Infelizmente acontece isso no sertão nordestino, uma terra que de tudo dar, é só ter infraestrutura. Hoje em uma parte do sertão do nordeste os candeeiros já foram substituído pelas lâmpadas, mas o candeeiro está na história dessa região linda e rica que tem um povo hospitaleiro e bonito.
 
 
 

Nenhum comentário: