VALE DOS DINOSSAUROS – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: VALE DOS DINOSSAUROSBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: VALE DOS DINOSSAUROS A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: VALE DOS DINOSSAUROSBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: VALE DOS DINOSSAUROSBlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

24 dezembro, 2015

VALE DOS DINOSSAUROS

http://www.aartedenewtonavelino.com
Fonte da imagem: viagemdeferias




NORDESTE PRÉ HISTÓRICO


       

      Quando se fala de sertão nordestino, algumas pessoas pensam que dentro do bioma do sertão, só existe destruição e seca, doce ilusão, também existem locais para turismo ecológico, existem parques municipais e nacionais, e existe uma gama de outras coisas para serem apreciadas. Hoje vamos falar do Vale dos Dinossauros, no sertão da Paraíba. Ele fica no município de Souza, e foi descoberto pelo fazendeiro Anísio Fausto Silva, já no século XlX. 


      

      De lá para cada, as pegadas dos dinossauros começaram a serem estudadas cientificamente, isso a partir do século XX, pelo engenheiro Luciano Jaques de Moraes. Essas pegadas estão situadas no leito do Rio do Peixe, há mais de 130 milhões de anos, sendo que elas chegam a medir meio metro, e forma uma fileira de 60 pegadas. 


       

    Essas marcas, fazem parte do cotidiano da cidade de Souza. Essa área está estimada em mais de 700 km². Nesse parque está registradas pegadas de mais de 80 espécies em aproximadamente 20 níveis estratigráficos. A partir desse caso, a Região do Nordeste brasileiro é reconhecida e valorizada pela paleontologia do continente americano, caracterizando assim, essa região como um grande centro de pesquisa. 




       Ele foi transformado em Unidade de Conservação de Proteção Integral no ano de 2002. O Vale dos Dinossauros, tem 40 hectares resultantes da desapropriação do sítio Passagem das Pedras, em 1992. Fora desse espaço, ainda são reconhecidos mais de 20 sítios paleontológicos, em quatro municípios da região, com pegadas e árvores fossilizadas. Nesse local, a história conta que existiu dinossauros carnívoro que era o Noasauridae, e tinha também o dinossauro herbívoro que era o dinossauro Mantelli. 


      

      Eles viveram na terra há mais de 110 milhões de anos. Todo esse marketing usado com o movimento do turismo no parque dos Dinossauros, é influenciado na cidade de Souza, pois essa cidade tem rua, praça, boate com nome de dinossauro, e também desenhado em algumas fachadas da cidade. Souza é uma cidade do sertão paraibano que tem uma população estimulada em setenta e poucos mil habitantes. 


       

      E todo esse clima de Dinossauro gera dividendos para a cidade. Para chegar ao Parque dos Dinossauro saindo de Natal é só pegar a BR 304 chegando em Açu – RN, pega a RN 226. Então como a gente ver, o sertão pode te surpreender bastante, não subestime essa região linda e rica do Brasil. O bioma que existe aqui é o único no mundo.





Nenhum comentário: