QUEBRA POTES – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: QUEBRA POTESBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: QUEBRA POTES A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: QUEBRA POTESBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: QUEBRA POTESBlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

22 junho, 2013

QUEBRA POTES


                                                       Fonte da imagem: maltanet
                                                              


                               ROMANTISMO E ARTE
                       


         
        O Folguedo junino quebra pote é antes de mais nada uma brincadeira ingênua a onde as pessoas colocam duas forquilhas e um travessão apoiado em cima das mesmas, nesse travessão coloca-se um pote de barro  pendurado cheio de prêmios como doces e outras coisas para as crianças, o recheio vai muito da imaginação dos organizadores da festa. 
              


        O mais impressionante é que adultos, idosos e crianças que participam da festa, ficam ansiosos para verem o pote ser quebrado, mas o mais impressionante é a curiosidade dessas pessoas para saber o que tem dentro desse pote.
              


         A imaginação fértil das pessoas é legal porque o fuzuê da gritaria orientando a pessoa que está com os olhos vedados e com o porrete na mão, para que ele acerte o pote. Quando o pote é quebrado corre todos para pegar as guloseimas e outros objetos que estejam lá dentro.
              


        Esse folguedo realmente é uma tradição nas festas de são joão que acontecem no nordeste. Essa festa é uma das mais ingênuas do são joão nordestino. Ele é feito para todos sem distinção de idade cor ou crédulo. Em todo nordeste você vai constatar esse folguedo e vai ver que ele já vem de muito anos e que faz parte da cultura popular do nordeste.


Nenhum comentário: