O JUMENTO É NOSSO IRMÃO – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: O JUMENTO É NOSSO IRMÃOBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: O JUMENTO É NOSSO IRMÃO A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: O JUMENTO É NOSSO IRMÃOBlog de Arte e Cultura A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: O JUMENTO É NOSSO IRMÃOBlog de Arte e Cultura

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato

03 dezembro, 2013

O JUMENTO É NOSSO IRMÃO

 
            

Fonte da imagem: Overmundo




O DESENVOLVIMENTISTA DO SERTÃO

         





      Um dos símbolos mais marcantes do sertão no nordeste brasileiro é o jumento. Sinônimo de trabalho e de ajudar o sertanejo no dia a dia no desenvolvimento do nordeste, tanto no litoral e zona da mata, como no sertão no cariri ou agreste do nordeste do Brasil. 

              O jumento serviu de inspiração até para o rei do bailão seu Luiz Gonzaga. Ele chamou o jumento de desenvolvimentista do sertão, e fiel ajudante do povo nordestino. Entretanto, nem Luiz Gonzaga podia imaginar que o jumento esse animal sagrado, chegasse a essa situação. 


               É tão ridícula por parte dos responsáveis, que não remanejaram e não fizeram o controle desse singelo e dócil animal. Tudo isso aconteceu também, por falta de atrativo como meio de transporte. 


               Aqui no Brasil o negócio é se livrar do problema, mesmo que seja custando a vida dos animais, como aconteceu até pouco tempo, um acordo comercial entre Brasil e China para exportar os pobre animais. 


                Eu acho que os responsáveis deveriam ter consciência e fazer como os americanos fizeram com os seus cavalos, soltaram nas pradarias e a sua população cresceu e hoje os cavalos selvagens tem a proteção do governo dos Estados Unidos. 


                 O Brasil e os estados da região nordeste deveriam seguir o exemplo, e fazendo isso com os nossos jegues, ou burros como queiram chamar, pois eles deram muito a esse país. 

                  Já que tem muita gente que não faz nada para a sociedade como gestor público, que pelo menos aprovassem uma lei que desce proteção a esses animais. Pelo menos seria uma boa prestação de serviço a sociedade do nordeste e do Brasil.


                   Esse negócio de exportar jumentos para a China isso é uma vergonha, além de ser imoral é uma falta de bom senso por parte das pessoas que geram e administram o sertão do nordeste do Brasil.





                   



Nenhum comentário: