A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro: DELÍCIA REGIONAL A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura: cultura do nordeste brasileiro
DELÍCIA REGIONAL – A ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro DELÍCIA REGIONALA ARTE NORDESTINA | Blog de Arte e Cultura do nordeste brasileiro

SEGUIDORES

Página Inicial Biografia Produtos Galeria O que dizem Jornalista Links Entrevistas Contato
Confira a arte do artista potiguar Newton Avelino, na sua galeria permanente. Adquira já uma obra!

15 janeiro, 2017

DELÍCIA REGIONAL

MANJAR NORDESTINO | Fonte da imagem: Blog do Rodrigo Ferraz










MANJAR NORDESTINO








        Não tem jeito, a culinária nordestina é uma das mais apreciadas do Brasil e uma das mais exóticas. Com seus temperos picantes e aromatizados, o sabor da culinária do Nordeste brasileiro surpreende tanto pela inovação de pratos e pelas misturas de sabores e de temperos, quanto de sabores, pois é isso que faz desses pratos, verdadeiros manjares. A adversidades que existem nessa cozinha regional, leva aos apreciadores de uma boa gastronomia, a terem a oportunidade de provarem belos pratos com temperos e sabores picantes. 






       O prazer da gula, aguça o desejo das pessoas provarem o melhor da cozinha regional do nordeste brasileiro, pois são pratos regionais que aguçam os nossos sentidos. O prazer de comer uma boa comida nordestina, faz da culinária regional dessa região, uma fonte de prazer e de alegria para todos que provam das comidas de cada estado dessa região. Vamos falar sobre a tripa assada de bode. Esse prato é praticamente feito do mesmo modo em toda região nordestina. Como o pé de bode, cabeça de bode, buchada de bode, carne de bode, costela de bode, tripa de bode, miúdo de bode. 






      Como vemos, do bode não se perde nada, tudo é aproveitado, pois a inteligência do homem sertanejo e a necessidade, fizeram com que essas pessoas dessa região, economiza-se tudo que ia ser descartado, pois com isso, eles foram criando pratos exóticos e enriquecendo culturalmente a cozinha regional. A inteligência do homem do campo é bem fértil quando se trata de comidas regionais e exóticas. Acho que hoje, no sertão, a carne de bode é uma das mais consumidas pelos nordestinos. 






       Para se preparar uma boa tripa assada, você precisa em primeiro lugar, comprar a tripa de bode fresca e limpa, depois quando chegar em casa, essa tripa deve ser lavada e muito bem lavada, já que nelas, contém as vezes dos animais. Para uma perfeita higienização, primeiro você procura uma varinha de marmelo para introduzir dentro das tripas, em água corrente, para poder tirar toda sujeira e gordura que esteja lá dentro, depois limpa uma a uma com limão, só assim, as mesmas, vão ficar com uma boa higienização, depois é bom colocá-las em água fervendo, para tirar o sal e depois poder ser consumidas. 






       No caso de você não ter a varinha de marmelo, uma mangueira fina com água corrente também pode ser introduzida dentro dessas tripas. Esse prato é muito simples de fazer, pois o que vai dá mais trabalho para você, é a limpeza delas, pois tem que ser uma limpeza minuciosa. A quantidade da porção que você quer fazer é que vai dizer para você o quanto de tempero é que você vai colocar nelas. Para 500g de tripa de bode, você pode usar 1/5 xícara de óleo, pois depois de pronta você vai fazer a farofa. Você pode usar sal, colorau e coentro a gosto, alho e pimenta do reino. 






       Quando elas estiverem ficando crocantes pode colocar 1/5 cebola picada, pimentão e tomate. Depois deixe em fogo baixo e vá sempre virando as tripas na frigideira. Quando elas estiverem começando a assar ou a ficar tostada, você põe todo o tempero dentro da frigideira e vai observando até elas ficarem crocantes, depois disso é só ir colocando um pouco de farinha até ficar uma farofa sertaneja de tripas de bode. Esse prato pode ser servido com um arroz de leite ou branco e feijão, ou pode ser acompanhado só com só com o arroz branco.




MANJAR NORDESTINO | Fonte da imagem: Blog do Rodrigo Ferraz










MANJAR NORDESTINO








        Não tem jeito, a culinária nordestina é uma das mais apreciadas do Brasil e uma das mais exóticas. Com seus temperos picantes e aromatizados, o sabor da culinária do Nordeste brasileiro surpreende tanto pela inovação de pratos e pelas misturas de sabores e de temperos, quanto de sabores, pois é isso que faz desses pratos, verdadeiros manjares. A adversidades que existem nessa cozinha regional, leva aos apreciadores de uma boa gastronomia, a terem a oportunidade de provarem belos pratos com temperos e sabores picantes. 






       O prazer da gula, aguça o desejo das pessoas provarem o melhor da cozinha regional do nordeste brasileiro, pois são pratos regionais que aguçam os nossos sentidos. O prazer de comer uma boa comida nordestina, faz da culinária regional dessa região, uma fonte de prazer e de alegria para todos que provam das comidas de cada estado dessa região. Vamos falar sobre a tripa assada de bode. Esse prato é praticamente feito do mesmo modo em toda região nordestina. Como o pé de bode, cabeça de bode, buchada de bode, carne de bode, costela de bode, tripa de bode, miúdo de bode. 






      Como vemos, do bode não se perde nada, tudo é aproveitado, pois a inteligência do homem sertanejo e a necessidade, fizeram com que essas pessoas dessa região, economiza-se tudo que ia ser descartado, pois com isso, eles foram criando pratos exóticos e enriquecendo culturalmente a cozinha regional. A inteligência do homem do campo é bem fértil quando se trata de comidas regionais e exóticas. Acho que hoje, no sertão, a carne de bode é uma das mais consumidas pelos nordestinos. 






       Para se preparar uma boa tripa assada, você precisa em primeiro lugar, comprar a tripa de bode fresca e limpa, depois quando chegar em casa, essa tripa deve ser lavada e muito bem lavada, já que nelas, contém as vezes dos animais. Para uma perfeita higienização, primeiro você procura uma varinha de marmelo para introduzir dentro das tripas, em água corrente, para poder tirar toda sujeira e gordura que esteja lá dentro, depois limpa uma a uma com limão, só assim, as mesmas, vão ficar com uma boa higienização, depois é bom colocá-las em água fervendo, para tirar o sal e depois poder ser consumidas. 






       No caso de você não ter a varinha de marmelo, uma mangueira fina com água corrente também pode ser introduzida dentro dessas tripas. Esse prato é muito simples de fazer, pois o que vai dá mais trabalho para você, é a limpeza delas, pois tem que ser uma limpeza minuciosa. A quantidade da porção que você quer fazer é que vai dizer para você o quanto de tempero é que você vai colocar nelas. Para 500g de tripa de bode, você pode usar 1/5 xícara de óleo, pois depois de pronta você vai fazer a farofa. Você pode usar sal, colorau e coentro a gosto, alho e pimenta do reino. 






       Quando elas estiverem ficando crocantes pode colocar 1/5 cebola picada, pimentão e tomate. Depois deixe em fogo baixo e vá sempre virando as tripas na frigideira. Quando elas estiverem começando a assar ou a ficar tostada, você põe todo o tempero dentro da frigideira e vai observando até elas ficarem crocantes, depois disso é só ir colocando um pouco de farinha até ficar uma farofa sertaneja de tripas de bode. Esse prato pode ser servido com um arroz de leite ou branco e feijão, ou pode ser acompanhado só com só com o arroz branco.




Nenhum comentário: